Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

fim da linha

22.04.11

 

 

 

 

O chefe do governo de gestão está no fim da linha e o PS já intuiu o facto. Há uns fanáticos (e uns "donos" de lugares e de financiamentos) que não querem acreditar. O partido do governo quer perder com dignidade e até se espanta com a possibilidade de ganhar as próximas legislativas. Seria sei-lá-o-quê se o ainda primeiro-ministro continuasse a desgovernar.

 

Dito isto, importa perceber que o drama dos eleitores é simples: qual o caminho de governo a seguir?

sem espanto

22.04.11

 

 

Fica a sensação que aquela coisa do projecto global não era apenas um devaneio totalitário.

 

As nossas "elites" continuam numa saga tão avassaladora que até arrepia. O melhor é ficar por aqui e não comentar mais os últimos dias.

 

Esta coisa de medir a inteligência já dava para escrever posts sem fim. Mas um revolucionário a dizer que precisávamos de um homem com a mesma inteligência do ditador que lhe permitiu a glória, deve deixar os tipos da troika completamente atónitos. Às tantas é Otelo a fazer contra-informação; só pode ser.

 

"Precisávamos de um homem com a inteligência de Salazar"

eucalipto

22.04.11

 

 

O ainda chefe do PS secou quase tudo à sua volta em termos mediáticos. O seu partido aproximou-se da unidade. Há quem diga que Teixeira dos Santos não merecia ser tratado assim. Mas quem é que o obrigou a meter-se naquele ambiente e a defender daquele modo as benesses ilimitadas das máquinas partidárias?

 

Também são sórdidos os detalhes das conversas entre o primeiro-ministro e o presidente do PSD.