Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

esperam os verdes, os professores quase todos e a saúde da escola pública

20.10.09

 

Foi daqui.

 

 

"Os Verdes" esperam “nova atitude” do PS na suspensão da avaliação de professores

 

"O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) defendeu hoje, no Parlamento, a suspensão do modelo de avaliação de professores do ensino público não superior, adiantando que nesta legislatura espera “uma nova atitude do PS” na votação deste diploma.(...)"

 

para ensandecer, um qualquer caminho serve?

20.10.09

 

Foi daqui.

 

 

Euro-deputado do PSD exorta Saramago a renunciar à cidadania portuguesa

 

"O eurodeputado social-democrata Mário David exortou hoje o escritor José Saramago a renunciar à cidadania portuguesa por se sentir “envergonhado” com as recentes declarações do Nobel da Literatura sobre a Bíblia.(...)"

 

Pode ver o vídeo com o "crime" de Saramago; aqui.

 

lições de história para memória futura

20.10.09

 

 

Foi daqui.

 

 

 

 

Recebi de um leitor identificado um pequeno texto (com referência à imagem escolhida) que deve ser lido e guardado para memória futura.

 

"Há quatro anos Sócrates estava recém-eleito e em pleno estado de graça, tendo proclamado o célebre discurso em que apontara baterias contra o lobby das farmácias. Vital Moreira, o bloguer do regime então iniciado, aparece no Público de 15/3/2005 a ditar quatro regras para "levar de vencida os interesses organizados». É fácil constatar que foram seguidas à risca pelo governo em todas as «reformas» realizadas, ou apenas iniciadas. Infelizmente, na altura, não falou nos professores, embora tenha referido os magistrados e outras "corporações". Vale a pena ler, sobretudo as tais 4 regras das duas últimas colunas, que são inaceitáveis em democracia e que constam em eleger um alvo (por exemplo, os professores) e virar a população contra ele, para, depois lhe «quebrar a espinha» e tomar todas as medidas que entender, ao arrepio muitas vezes do mais elementar bom senso.

Pôr cidadãos uns contra os outros em clima de guera civil, dividindo para reinar, eis a receita. Sempre gostei de História e das suas lições tantas vezes ignoradas."