Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

das evidências...

23.08.09

 

 

(encontrei esta imagem aqui)

 

No blogue do Ramiro Marques, aqui, encontrei um texto que deve merecer a sua atenção. Na minha modesta opinião, é apenas mais uma constatação de algumas evidências que o desastrado projecto de escola a tempo inteiro tentou contrariar através de um modelo único, apressado e desrespeitador da autonomia de cada uma das escolas, que foi espalhado pelo país.

 

"Estudos recentes mostram que os melhores programas educativos são os que equilibram as aulas com os tempos de brincadeira e de descanso. A brincadeira ao ar livre é tão importante para o desenvolvimento e o bem-estar das crianças como a aprendizagem da Matemática, da Leitura e da Escrita.

 

Um estudo publicado esta semana na revista Pediatrics mostra que as crianças de 8 e 9 anos que tiveram acesso a mais de 15 minutos de brincadeira ao ar livre por dia têm melhor desempenho escolar do que as que tiveram menos tempo. O estudo dirigido pela pediatra Romina Barros, professora na Faculdade de Medicina Albert Einstein, concluiu que é um erro manter as crianças muitas horas seguidas dentro da sala de aula em actividades formais de aprendizagem. Este estudo vem confirmar um outro, dirigido por professores da Universidade de Harvard e publicado no Journal of School Health, que concluiu pela existência de uma relação positiva entre a prática da educação física e o desempenho escolar nas áreas académicas.

 

Estes estudos revelam que a brincadeira ao ar livre e o contacto com a natureza são factores essenciais ao desenvolvimento, aprendizagem e bem-estar da criança. Estas conclusões arrasam o conceito de escola a tempo inteiro. Melhor seria que o ME apostasse no financiamento dos ATLs e colocasse um ponto final nas AECs."