Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

por onofre (11)

04.04.09

 

 

Na minha passagem pela blogosfera e pelos meus blogues de referência, encontrei um texto de uma voz autorizada para falar sobre o assunto em causa.

 

João Bonifácio Serra, chefe da casa civil do ex-presidente da República Jorge Sampaio, nunca foi professor na Escola Básica Integrada de Santo Onofre mas dedica uma particular atenção aos assuntos da sua comunidade natal e é aqui que reside; é também professor mas na Escola Superior de Arte e Design.

 

Ora leia aqui.

assalto ao conselho executivo de santo onofre (6)

04.04.09


 

 

FNE “respeita” decisão dos sindicalistas nomeados pelo ME para escola de Sto Onofre

 

Um senhor de nome João Dias da Silva, secretário-geral da FNE, afirma não conhecer o assunto em detalhe, mas considera que se os dirigentes da sua organização decidiram assim foi na defesa dos professores, dos alunos, e das escolas envolvidas neste processo. É realmente espantosa a argumentação aduzida: nem uma referência na defesa da não destituição de um conselho executivo com mandato até 2010 por não ter havido candidaturas de professores ao CGT. E já se sabe: a exemplo de outras situações, os professores, e os alunos e os seus encarregados de educação, sabem muito bem com quem podem contar. Estamos sempre a aprender, mas confesso que nunca tinha visto nada assim. Parece-me que estas pessoas estão completamente inconscientes da situação que vão encontrar.

 

 

 

Comissão Provisória de Santo Onofre tem dois dirigentes sindicais

 

 

Confirma-se. Se ler a notícia, vai ficar a saber que a direcção da FNE não foi consultada para o efeito mas que também não se pronuncia sobre as matérias em causa. Estranho ou talvez nem tanto assim. Vamos aguardar pelos desenvolvimentos.

 

por onofre (10)

04.04.09

 

A minha colega e amiga Isabel Sousa e Silva foi viajar até Moçambique. Mantém-se atenta e preocupada com os desenvolvimentos em Santo Onofre. E não é que na sua visita à bela capital moçambicana se fez fotografar em frente à última casa dos meus pais?

 

Obrigado Isabel.

 

Ora veja.

 

 

Mas a Isabel quis que o seu pai, que também nasceu em Moçambique, fizesse a viagem com ela. Vai ver de seguida a imagem em que o pai da Isabel se deixa fotografar em frente à última casa que habitou na capital moçambicana.