Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

corações

12.05.08



 

 

Estava difícil. Alain Renais e o seu "Corações" obrigava uma ida a Lisboa e ao cinema King. Depois, era preciso conjugar os horários e aproveitar para fazer mais qualquer coisa: tratando-se da capital, o que é difícil é escolher.

 

E assim foi: dia de aniversário, cinema de qualidade, jantar em família e concerto no Hot Clube (o baixista Yuri Daniel, muito bem acompanhado, foi uma escolha acertada).

 

"Corações" fez jus ao nome. Filmado numa Paris debaixo de uma neve constante, a narrativa retrata com serenidade as vidas, neste início de milénio e no chamado mundo ocidental, nas urbes mais preenchidas: solidão, cruzamentos efémeros, identidades virtuais, problemas com a velhice e por aí fora.

 

Excelente banda sonora, bons desempenhos dos actores e das actrizes que sempre acompanham o realizador, imagens belas, argumento actual e incisivo, em suma, um filme muito bom e que se recomenda.

 

No cinecartaz do público pode ler-se o seguinte texto:

 

"Thierry, agente imobiliário, tem tido dificuldades em encontrar um apartamento a Nicole e Dan, um casal de clientes difíceis. Na agência, Charlotte, a sua assistente, empresta-lhe uma cassete de um programa de televisão que ela adora, As Canções Que Mudaram a Minha Vida, um programa religioso de variedades que perturba profundamente Thierry. 
A irmã mais nova de Thierry, Gaëlle, procura secretamente o amor, chegando a recorrer a anúncios classificados. Dan, militar de carreira que acabou de ser expulso do exército, passa os dias no bar de um hotel onde desabafa com o barman, Lionel, que para conseguir trabalhar à noite foi obrigado a arranjar uma assistente para tratar do pai doente. E é assim que o movimento de cada personagem pode alterar ou influenciar a vida de outra sem sequer se tocarem ou cruzarem..."