Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

silêncio dos inocentes

23.10.07

 






Ouvi falar numa docente que continuava a leccionar em condições de saúde muito precárias, mas estava longe de imaginar o que viria a passar-se a seguir. A "incómoda" comunicação social pegou no caso e "obrigou" a Ministra da Educação a resolver o problema da infeliz professora. Concluiu-se que a Ministra de nada sabia, como é evidente, e que os diversos serviços - junta médica da caixa geral de aposentações, inspecção-geral da educação, delegação regional do ministério da educação e responsáveis escolares - "apenas" cumpriam de modo zeloso a lei.

Mais um tópico a acrescentar ao importante debate sobre o papel do quarto poder numa democracia mediatizada.

Não concordo com a conclusão de que "os diversos serviços apenas cumpriam zelosamente a lei": conhecemos casos e mais casos em que as questões são outras: vemos o inadaptado temor dos responsáveis onde deveríamos ver o exercício corajoso de uma autonomia responsável e nunca decretada; vemos mesquinhez e incompetência em vez de descrição e profissionalismo; vemos pequenos poderes preenchidos por tiranos inúteis e pouco esclarecidos em vez de termos de lidar com lideranças civilizadas e competentes; vemos centralismo acéfalo e castrador em vez de nos confrontarmos com decisões assentes no exercício de uma cidadania esclarecida, limpa e assumida; enfim.

Mas ainda pior, embora estas matérias não possam nem devam ser quantificadas, do que a situação que relatei, é a dos "inocentes" que, não tendo voz, se vêem alvo de processos silenciosos que destroem as suas vidas no universo menos "visível" dos seus corpos: o da personalidade e da condição psicológica. Os processos semelhantes aos que de modo tão genial Franz Kafka nos relatou, continuam presentes na nossa sociedade. Envergonham-nos e remetem-nos para níveis que tipificam as sociedades não democráticas. Sabemos muito sobre a condição humana, é certo, mas também é seguro que a democracia nasceu para servir os homens todos. Sabemos que o difícil e exigente exercício democrático obriga à leitura atenta de Amos Oz e à contenção que, tantas vezes objecto de incompreensão precoce, tem de substituir a vontade de prepotência que espreita a cada esquina: "nada que é humano nos deve ser estranho".
 
Estes casos merecem uma atenta reflexão e uma pronta denuncia: o exercício da democracia tem de ser diário e na área de intervenção de cada um de nós, mesmo considerando que "a condição soberana do saber é o silêncio", Ibn Almuqaffa, Pérsia, 721-757, em Kalila e Dimna.

estação inexistente

09.10.07








Já dei conta da existência de uma sala de teatro no sótão da antiga lavandaria do hospital termal das Caldas da Rainha: não conheço a opinião dos produtores da companhia profissional que ali trabalha, mas para mim, como espectador, o espaço é excelente. Assisti a umas quatro ou cinco peças naquele lugar e apanhei sempre noites amenas e de bom tempo: é provável que, em dias de extremos climatéricos, as condições para actores e para espectadores sofram alterações significativas.

Desta vez, fomos atrás de uma "estação inexistente": como quem procura um lugar na irreversibilidade do tempo, entrámos curiosos e saimos pensativos: dei comigo a reflectir na necessidade de voltar à peça para a compreender melhor.

Duas histórias na mesma estação de comboios: a primeira, de Pirandello - "O homem de flor na boca" - relata a conversa entre dois homens, em plena madrugada, no bar da estação; a segunda, de Rocco D´Onghia -  “Um contínuo movimento, um estranho equilíbrio” - narra, também de madrugada, a vida de dois trabalhadores da estação, um homem e uma mulher, e os seus encontros com um idoso perdido e à procura do comboio que partirá.

Num cenário lindíssimo, o profissionalismo da companhia não deixa detalhes por pensar: uma hora - sem intervalo - uma actriz, Isabel Lopes, e dois actores, Victor Santos e Carlos Borges.

No par ou impar que tanto nos ocupa, a estação inexistente, tem uma leitura simples para um texto exigente: não existe lugar.

A não perder.


adeus lenine

06.10.07



Wolfgang Becker


É alemão, realizador de cinema e nasceu em 1954. Depois de três ou quatro filmes realizados na década de noventa, Wolfgang Becker estreou em 2003 a fita cinematográfica com maior êxito de bilheteira do cinema alemão contemporâneo: diga-se, que é consensual o mérito atribuído à obra mais conhecida deste realizador germânico.

"Adeus Lenine" escapou-nos na altura devida. Mas o verão é fértil em  visitas mais demoradas aos amigos e familiares mais distantes; e, curiosamente, este ano uma questão foi recorrente: "não viram o Adeus Lenine? Olhem que vale a pena".

E assim fizemos. Valeu. A queda do Muro de Berlim e tudo o que se seguiu naquele país do centro da Europa, é detalhado de um modo surpreendente: tem tanto de extraordinário e de cómico como de trágico e envolvente.

É uma história simples: poucos dias antes do fim do "Muro", uma militante do partido que dominava a Alemanha de Leste entra em coma e acorda nove meses depois; o seu dedicado filho, sabendo da fragilidade do coração da sua mãe, decide preparar uma espantosa encenação que convença a progenitora de que a vitória do capitalismo está longe de acontecer.

Soberbo.


reformas e remédios (2)

03.10.07

 

"Mudam os homens não mudam as políticas",
A engrenagem, Jean-Paul Sartre






Vivemos um momento de grande inspiração reformista. Remédios anunciados, curas prometidas.

Merece uma segunda edição - a primeira edição, escrita algures em 1999, pode ser lida neste blog em "reformas e remédios (1) -.




 

Plano de aula.

Registo da patente: início do século XXI, mais propriamente no ano de 2005, pela equipa ministerial dirigida por Maria de Lurdes Rodrigues.

Composição: em documento concebido em Microsoft Word e impresso, em papel reciclado editado pela imprensa nacional, numa impressora HP da série 1300: listagem hierarquizada de competências gerais, transversais, específicas e de pormenor; objectivos definidos nos três clássicos domínios e ordenados com base nos três modelos taxonómicos; listagem hierarquizada de conteúdos a ensinar com a indicação da referência programática e da página do manual certificado; listagem de actividades com a respectiva periodização. Um ficheiro em Microsoft Excel com a listagem com as formas e os métodos de avaliação. Um ficheiro de apresentação feito na aplicação Microsoft Power Point e gravado para o sistema Windows (daquele senhor que visitou Portugal com direito a protocolo de chefe de estado e que concebe a mesma ideia de repartição pública, mas adaptada). Indicação da password de acesso às bases de dados programadas em Microsoft Access, que deveriam registar a avaliação dos alunos e a matéria leccionada, vulgo sumário.

Indicações terapêuticas: só deve ser executado pelo docente que elaborou o plano.

Contra-indicações: quando for recomendado a outro docente, deve ser-lhe entregue com 333 dias de antecedência.

Precauções especiais de utilização: por ser a primeira vez que os docentes realizam planos de aula, recomenda-se a sua generalização após a sua experimentação no seio da própria equipa que, de modo iluminado, o decidiu.

Prazo de validade: enquanto durar o plano tecnológico.



 

Substituições.

Registo da patente: início do século XXI, mais propriamente no ano de 2005, pela equipa ministerial dirigida por Maria de Lurdes Rodrigues.

Composição: sistema de grande complexidade destinado a resolver a grave situação decorrente do elevado número de faltas dos docentes; tem-se verificado a necessidade de uma considerável predominância da componente SK (o popular jogo japonês Sudoku) como principal princípio activo .

Indicações terapêuticas: considera-se indicado em situações de elevado insucesso escolar, proporcionando às crianças e jovens prolongados momentos de repouso intelectualmente inactivo.

Contra-indicações: não deve ser administrado nem a alunos que manifestem um perigoso e elevado nível de curiosidade e de capacidade de organização e autonomia, nem aos outros.

Precauções especiais de utilização: não é indicado a docentes que só leccionem com aulas devidamente planificadas.

Prazo de validade: 2700 segundos.




Reformas.

Registo da patente: início do século XXI, ano de 2005, por decisão da Ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues em associação com o governo de então.

Composição: elixir da vida eterna e GPS´s da última geração.

Indicações terapêuticas: desperta, de modo inexorável, a vontade de exercício docente a todos os jovens com idades compreendidas entre os 65 e os 75 anos de idade.

Contra-indicações: não se recomenda a utilização por jovens das universidades da terceira idade, principalmente se associado com o princípio activo VT (vitalidade).

Precauções especiais de utilização: não se aconselha a sua administração a seres humanos com idade inferior a 80 prósperas primaveras.

Prazo de validade: 150 anos.



Carreira docente.


Registo da patente:  início do século XXI, ano de 2003, por decisão do Ministro da Educação David Justino.

Composição: sistema integrado de progressão de génese lusitana - para o lado e para trás.

Indicações terapêuticas: indicado em sistemas de sofisticação avançada, que permite aos destinatários realizar uma carreira em movimento uniformemente parado.

Contra-indicações: não está indicado a docentes ambiciosos ou infectados com o vírus GSP (gosto pelo serviço público).

Precauções especiais de utilização: considerando a sua forte prevalência, não existem.

Prazo de validade: começou por ser de um ano, mas devido ao seu comprovado poder anestesiante, espera-se por dois momentos: ou que todos os docentes estejam inscritos numa plataforma de comunicação e informação ou a eternidade.





Salas TIC.

Registo da patente: ano de 2003 por iniciativa do Ministro da Educação David Justino.

Composição: 1 quadro eléctrico da última geração - a maioria das escolas não estava equipada com energia eléctrica -, 1 servidor com capacidade equivalente ao do ministério da educação de então, 14 computadores de secretária como terminais, 1 impressora de jacto de tinta, 1 vídeo-projector, 1 licença do sistema operativo windows server, 15 licenças do sistema operativo windows XP profissional, 15 licenças do sistema operativo linux, 15 licenças da aplicação Office XP.

Indicações terapêuticas: devido à sua extraordinária capacidade de expor humanos ao contacto exponencial com vírus da categoria INFb (virús informáticos transmitidos em ambiente SOUG - sistema operativo de última geração) está recomendado para situações de grau zero informático.

Contra-indicações: no caso da escola já possuir redes informáticas, devem ser isoladas das mesmas - são um mundo à parte -.

Precauções especiais de utilização: são mais eficazes quando se utiliza, apenas, um computador e um projector de vídeo.

Prazo de validade: 600 segundos em cada período de 90 minutos.




Prolongamentos.

Registo da patente: início do século XXI, ano de 2005, por decisão da Ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues.

Composição: 2 tempos recreativos ao final do dia, das 15h30 às 17h30, 40 chupetas Indigo (derivado da ideia “indigo”, proveniente do cosmos conhecido, que explica a maioria das situações de hiper-actividade),10 embalagens de fraldas descartáveis “dodot”, 6 capacetes do tipo ECC (engenheiro de construção civil), e 10 gramas de EI (energia interdisciplinar), que garante a cada docente a capacidade de animar, com sucesso, discentes nas mais diversas áreas.

Indicações terapêuticas: indicado para patologias que indiciem o esquecimento de procedimentos integrados no perfil FA (fiel de armazém).

Contra-indicações: não está especialmente indicado a docentes com mais de 9 dias de serviço docente.

Precauções especiais de utilização: deve administrar-se a cada docente em doses de 45 minutos por ano lectivo.

Prazo de validade: enquanto houver “docentes não internados”.




5 minutos.

Registo da patente: ano de 1998, por decisão da Secretária de Estado Ana Benavente.

Composição: 5 minutos de redução por cada hora escolar. Como cada hora escolar era de 50 minutos, (decisão que, ao que se julga saber, foi tomada pela escriturária do Ministro da Educação do Governo de 1963 - José Hermano Saraiva - que, definitivamente, não tinha queda para as operações matemáticas com cálculos das unidades de tempo mas... um vez decretado, para sempre decretado) a sua inovadora redução para 45 minutos está já a ser considerado um problema só comparável à eternamente inacabada Igreja da Sagrada Família, em Barcelona.

Indicações terapêuticas: garante-se o sucesso escolar, pleno.

Contra-indicações: considerando a sua estonteante capacidade de absorção, aconselha-se a sua administração depois da elaboração de um cuidado plano de generalização - tem passado de Ministro em Ministro e ainda nenhum conseguiu encontrar a sua simbiose associativa, quer a um inibidor quer a um retardador -.

Precauções especiais de utilização: não pode ser utilizado em períodos de 4 minutos e 36 segundos.

Prazo de validade: 300 exactos segundos.




Agrupamentos.

Registo da patente: ano de 2002, por decisão do Ministro da Educação David Justino.

Composição: fosfatos com elevada concentração de IA (ilusão autónoma), aceleradores com elevada velocidade de CB (coagulação bonapartista).

Indicações terapêuticas: ocupa com regulamentos e mais regulamentos os mais diversos estabelecimentos de ensino, retardando assim os indesejados efeitos CA (contratos de autonomia).

Contra-indicações: não deve ser administrado a escolas que saibam o que querem fazer, ou que tenham como princípio activo o quase desconhecido HAD (hino ao desnecessário).

Precauções especiais de utilização: é importante ressaltar que os riscos de efeitos indesejados aumentam geometricamente na medida em que aumenta aritmeticamente o número de medicamentos ingeridos (neste caso, onde se lê “medicamentos” deve ler-se “escolas”).

Prazo de validade: duas décadas com recomposições anuais.




Inglês.

Registo da patente: início do século XXI, ano de 2005, por decisão da Ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues.

Composição: complexo vitamínico com o mais elevado grau de competitividade globalizadora.

Indicações terapêuticas: desde que tomado em todos os anos do primeiro ciclo de escolaridade, garante a aprendizagem eficiente dos primeiros três algarismos.

Contra-indicações: exige medicação assistida nos anos seguintes de modo a estabelecer-se um plano de aprendizagem eficiente para os 10 primeiros algarismos.

Precauções especiais de utilização: têm eficácia garantida se administradas no período da manhã e por docentes especializados no ensino de línguas estrangeiras a crianças.

Prazo de validade: desconhecida, contudo, desconfia-se que veio para ficar.




Concursos.

Registo da patente: ano de 2002, por decisão do Ministro da Educação David Justino com a participação activa do Secretário de Estado da Administração Educativa Abílio Morgado. É considerado um genuíno estudo de caso, com matéria para investigar durante o próximo meio século.

Composição: conjunto de leis reguladoras, com recurso, na sua aplicação, aos mais sofisticados meios informáticos, de um fenómeno que conseguiu passar para a digitalização informática todas as ideais que paralisavam as administrações públicas anteriores à sociedade da informação.

Indicações terapêuticas: antecipar a necessidade de um plano tecnológico, ao provocar o aparecimento de um inédito algoritmo que é hoje objecto de estudo no pós-doutoramento em sistemas de informação na prestigiada instituição que tem a sigla MIT. Consegue excluir de um concurso mais opositores do que na soma dos 30 anos anteriores.

Contra-indicações: não se aconselha a sua utilização em sistemas de concursos públicos com mais de 2 opositores .

Precauções especiais de utilização: se conceber uma ideia igual corre o risco de se tornar assessor da prestigiada companhia aérea TAP.

Prazo de validade: a estabelecer semanalmente.