Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

sócrates fez psicanálise em Paris (falta de pachorra mesmo)

16.10.13

 

 

 

 

Sócrates diz que é o "chefe democrático que a direita sempre quis" e vem confirmar a tese dos professores portugueses que o consideram um ultraliberal de facto. Ficam desacreditadas de vez as acusações dos socialistas que apontavam o dedo aos professores. É o próprio a confessar-se, convenhamos. É certo que Sócrates foi apoiado pelo socialismo científico de Lurdes Rodrigues e pelo inferno burocrático de Lemos & Pedreira, mas isso só acentua o registo tragicómico da confissão.

 

Não sei se Sócrates fez psicanálise em Paris, mas os professores de ciência política lá lhe devem ter explicado o que andou a fazer no Governo e o homem divulga-o para gáudio inconfessado de muitos socialistas que sonham com salões e benesses ilimitadas. Se tivessem lido Proust, sabiam que é ténue a fronteira entre Méséglise e Guermantes e que a consciência não está no mercado; pelo menos que se saiba.

 

O mais grave é que os governos ultraliberais de Sócrates permitiram o sonho singapuriano e totalitário dos aprendizes Passos e Relvas acolitados numa troika que sorriu com a coisa e nessa direita dos interesses que nos afunda com corrupção.

 

 

 

 

6 comentários

Comentar post