Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

É a democracia, claro!

11.10.13

 

 

 

 

Christine Lagarde, do FMI, teve ontem um descaramento que não será inocente ao afirmar para todo o mundo que o programa de "ajustamento" tem falhado em Portugal por causa do Tribunal Constitucional. Apesar de reconhecer a independência dos tribunais, a directora-geral do FMI quis transmitir dois sinais: a democracia é uma chatice e o Governo português sai, mas não é por culpa própria.

 

A direita que governa a Europa, que inclui sociais-democratas e socialista, está impaciente com Portugal. A libertação do pousado e totalitário Gaspar do "fardo" ministerial deixou marcas. O programa de austeridade para uma das parcelas da zona euro, e sem desvalorização da moeda, acrescenta mais uma página desastrosa ao histórico de insucessos do FMI.


Dá ideia que o Governo se prepara para mais uma série de medidas inconstitucionais para partir de vez e passar o ónus do grave falhanço das políticas para os juízes do constitucional.

 

 

 

 

2 comentários

  • Nada a desculpar, Carlos :)

    Tento fugir a uma visão mais cínica. Quero sempre acreditar que ainda sobra democracia.

    Tem piada que passei pelo bartoon do Luís Afonso e fiz um post com um desenho no teu registo. Resta-nos ainda o humor que foi o que acrescentei ao título.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.