Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

e de novo os professores

02.06.13

 

 

 

Quando os fanáticos do Estado mínimo se convenciam que os funcionários públicos estavam anestesiados, eis que os professores avançam para uma acção de luta de alto risco. Por muito que Portas e Passos se desdobrem em apelos que visem o ciúme social anti-professor, a força da razão fará o seu caminho.

 

Já foi assim na desgastante luta contra a terceira via socialista offshoriana. Espera-se que, desta vez, os sindicatos não traiam o exemplo de cidadania dos professores portugueses ou que estes não enfraqueçam a sua capacidade negocial. Estes assuntos dizem respeito a todos e já nem os que se reformaram podem olhar apenas para os seus interesses.

 

Como já muitas vezes escrevi, apoio todas as movimentações que me parecem justas e esta é mesmo decisiva. 

 

 

 

 

 

19 comentários

Comentar post