Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

pensando um bocado

23.05.13

 

 

 

 

Se um professor do quadro com horário zero pode ser colocado em qualquer lugar do país por escolha do MEC, então é preferível passar à condição de contratado e concorrer de acordo com as suas preferências.

 

Estou a ironizar, claro. Com dez anos de desmiolo sem fim nas colocações de professores (as injustiças são várias, brutais e "irreparáveis"), era melhor realizar um concurso nacional de raiz e envolver todos os professores. 

 

Começa a faltar pachorra para aturar esta sequência de "reformadores" impreparados.

6 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Rute Sousa

    23.05.13

    E os anos anteriores ao estágio dão meio valor na graduação porquê? Para beneficiar os estágios integrados nas licenciaturas e mestrados. Uma vergonha tudo isto.
  • Sem imagem de perfil

    Rui Rodrigues, Amadora

    23.05.13

    O escalão na carreira dos professores do quadro não conta para nada? A balbúrdia cresce e ninguém está a salvo.
  • Sem imagem de perfil

    Vanessa Santos

    23.05.13

    A ADD serviu para quê? Os titulares ainda foram desgraçados pois nem puderam concorrer. Pode ser ironia mas é preferível ser contratado do que apanhar com toda a trapalhada em cima.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo

    23.05.13

    Se não param com isto vai dar batatada.

    António Santos.
  • Esta discussão já cansa. Sinceramente, a única conclusão que se pode tirar é que ninguém se deve sentir "a salvo", digamos assim.
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.