Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

do reino da dinamarca

03.04.13

 

 

 

 

Dezenas de milhares de professores contra aumento do horário escolar na Dinamarca

 

"(...)Há dois dias que perto de 900 mil alunos não têm aulas na Dinamarca. Cerca de 90 mil professores estão nas ruas, num protesto inédito no país, contra o aumento das horas de aulas semanais e que seja dado poder aos municípios para determinarem os horários escolares.(...)"



Entre outros detalhes, é interessante registar o desacordo entre os sindicatos de professores e os municípios sem a interferência do Governo. Este tipo de negociação não é replicável em Portugal, embora existam vários motivos para uma contestação semelhante.

 

Os professores portugueses têm perdido uma série de oportunidades nos últimos anos.

 

Os mais destemidos acabam por ficar isolados, enquanto a maioria prefere tratar da vidinha. Os resultados da tal vidinha prejudicam todos e a vidinha-tout-court também se vai danificando seriamente.

 

E depois existem aquelas lutas da família das abstenções violentas como se pode ler nesta notícia: FNE e FENPROF receiam pela qualidade de ensino com a criação de mais agrupamentos. É: o receio destas centrais assusta qualquer um. É melhor que os agarrem. É também a ladainha habitual: a qualidade descerá depois de mais 18 agrupamentos, quando andamos neste desmiolo há mais de dez anos, com acentuado desnorte nos últimos seis, e com centenas de agrupamentos e comprovada perda de qualidade.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.