Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

emoção

05.11.08

 

 

 

 

 

 

 

Na hora em que estou a escrever isto já é quase certa a vitória de Barack Hussein Obama como o 44º presidente dos estados unidos da américa. Isto emociona-me: emociona-me muito. É muito bonito. É um momento fantástico, só possível num mundo em que muitos se têm esforçado por derrubar muros diversos. Não esqueçamos: há quarenta anos atrás, Obama, por causa da cor da sua pele, não podia sentar-se na parte da frente dos autocarros dos transportes públicos do seu próprio país.

 

Francamente, nem me preocupa muito se Obama vai conseguir fazer tudo aquilo a que se propõe. Vejo alguns dos que apoiaram o presidente americano ainda em funções, argumentarem com a falta de consistência de Barack. Enfim. Era bom que aprendessem a entender os novos tempos. E são novos porque existem pessoas com a força, com a coragem e com a distinção de Barack Hussein Obama.

 

Não nos iludamos: Obama foi objecto de um escrutínio sem precedentes. Teve de vencer a nomeação no seu partido onde tinha uma opositora tida como invencível. Hillary Clinton seria também, estou convencido disso, uma grande presidente.

 

Passada essa barreira, dirigiu uma campanha que acompanhei e que se revelou de um nível muito elevado; também sem precedentes.

 

Não são só os americanos que estão felizes. A esperança invade o mundo. É uma hora de mudança, assim se espera.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.