Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

aquela coisa dos fantasmas

28.01.13

 

 

 

 

 

 

Convenço-me que já são poucos os que não classificam como trágica a passagem de Lurdes Rodrigues e José Sócrates pelas políticas do sistema escolar e que este Governo acentua com a crença ideológica do estado mínimo. Os últimos Governos do PS foram uma oportunidade perdida que deixou a esquerda à deriva e que impede uma oposição credível à nova vaga devastadora da escola pública que se aproxima.

 

Não é fácil para o actual PS libertar-se dessa herança e encontrar as convicções e as políticas que possibilitem e regresso ao equilíbrio é à sensatez. O ex-presidente Jorge Sampaio está preocupado e não deve desconhecer o que o actual Governo se apressa em escamotear insistindo nos números de 2009: Portugal investiu, em 2012, 3,8 do PIB (regredimos mais de 20 anos numa queda abrupta) em Educação que é o valor mais baixo da Europa.


O ex-presidente disse, em 2005, que os professores trabalhavam pouco, promoveu uma viagem ao Chile que inspirou os mentores do monstro da avaliação de professores e, em Outubro de 2009, classificou a avaliação de professores como uma das causas da bancarrota.


Dá ideia que está a alterar as suas convicções. Foi lamentável o que se passou, repito. O que leva anos a construir pode destruir-se num ápice e exige um esforço redobrado para reerguer.

 

Portugal não terá prosperidade sem investimento na Educação

 

2 comentários

  • Pedro, resumo com a seguinte interrogação: os pagamentos a pessoas não são investimento?

    São, Pedro. As pessoas são o principal investimento, principalmente em educação.

    Não foram apenas os cortes nos subsídios. Foram cortes nos salários, despedimento colectivo de mais de 10000 pessoas no verão, reformas com penalizações de professores desconsiderados, cortes curriculares por justificar num país civilizado, modelo de gestão para uma escala desconhecida no mundo, alunos por turma, aumento da carga lectiva e por aí fora.

    Como sempre acontece num sistema com efeitos a médio e longo prazos, quando se medirem os resultados de tudo isto já os responsáveis estão numa qualquer FLAD.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.