Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

dinheiros públicos, vícios privados (2)

01.12.12

 

 

 

 

 

 

 

Depois de ter visto o anúncio, encontrei no site da TVI a seguinte sinopse:.

 

 

"PRÓXIMO PROGRAMA: "Dinheiros Públicos, Vícios Privados - 3 de dezembro de 2012

 

"São colégios privados, totalmente financiados pelo estado, ou seja, pagos por todos nós. Só este ano receberam de financiamento, qualquer coisa como 25 milhões de euros.

Foram construídos de Norte a Sul do país, onde supostamente, as escolas públicas já não podiam receber mais alunos. Mas, na realidade o que uma equipa da TVI encontrou no terreno é completamente diferente.

Fomos encontrar escolas públicas subaproveitadas, com salas vazias, à espera de alunos que foram transferidos para os colégios privados. O «Repórter TVI» mostra-lhe também um retrato do que se passa nesses colégios, com professores a serem ameaçados de despedimento, denúncias de manipulação de notas, professores que se sujeitam a humilhações. Ao todo são 26 colégios, todos do Grupo GPS, que tem como consultores, deputados e Ex-Secretários de Estado que depois de deixarem o cargo, passaram a trabalhar para o grupo.

«Dinheiros Públicos, Vícios Privados» é uma reportagem da jornalista Ana Leal, com imagem de Gonçalo Prego e montagem de Miguel Freitas."

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónima - que iniciou o debate

    02.12.12

    Caro anónimo, assino por baixo, não tirando o mérito aos professores do público que efetivamente até trabalham bastante!

    Uma professora questionou o que é que um professor faz na escola quando não tem alunos?

    Percebo com esta afirmação que um professor destes limita-se a ir à escola, cumprir o seu horário e levar o vencimento para casa. Realmente está muito longe e desconhece a realidade.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo

    02.12.12

    infelizmente existem mesmo muitos que só la vão para receber o ordenado no final do mes, em todo o lado há bons e maus profissionais, e os que nao se esforçam nas privadas nao tem caminho para percorrer depois é o que se esta a ver....
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.