Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

até o FMI

08.11.12

 

 

 

 

Há dias escrevi assim: "(...)A presente troika tem três braços e cada vez são em maior número os que consideram que o FMI até é a coisa mais à esquerda. A comissão europeia tem o chefe que se sabe e o banco central europeu não é um enigma ideológico. Pelo que vou percebendo, o FMI é uma espécie de paquiderme com um histórico de falhanços graves e que deve sorrir ou encolher os ombros com as coreografias dos nossos tacticistas que disseram claramente ao que vinham: passar o negócio do estado social para as empresas que os suportam com a força dos dois braços extremamente direitos.(...)"



Já restam poucas dúvidas que alguma coisa tem de mudar e que existe uma carga ideológica na presnte austeridade.

 

FMI diz que austeridade europeia pode ter limites políticos


"(...)O FMI defende que há risco dos países europeus que pediram ajuda não conseguirem cumprir as reformas de ajustamento e que a austeridade pode ter "limites políticos"(...)"


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.