Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

até 300%

09.10.12

 

 

 

 

É inadmissível que o FMI tenha errado numa margem que pode chegar aos 300% nos cálculos do impacto da austeridade na economia. No caso português, e que vai para além da troika, os denominados sectores sociais, com os professores como os principais escolhidos, é que pagam tanta impreparação. E ninguém se demite? Nem o consultor Borges?

 

 

FMI reconhece que calculou mal o impacto da austeridade na economia

 

"No relatório em que reviu em baixa as previsões para a economia mundial, o FMI começou a corrigir algumas contas: por cada euro de austeridade, a economia não cai 0,5 euros, mas sim entre 0,9 e 1,7 euros."

2 comentários

Comentar post