Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

bem lá do fundo

08.10.12

 

 

 

 

A forma como um país administra o território é determinante. O caso português é um exemplo do caos (estou a pesar bem) organizativo, do desleixo, da incúria e do desrespeito pelo bem comum.

 

Não admira que Miguel Relvas tenha ficado com as pastas da administração do território nas duas passagens da AD pelo Governo neste milénio. O que mais nos caracteriza ainda, é o facto de num momento de emergência como o que vivemos termos um primeiro-ministro com o perfil profissional que pode ler a seguir.

 

Empresa de que Passos foi gestor dominou fundo gerido por Relvas

 

A Tecnoforma, uma empresa de que Passos Coelho foi consultor e administrador, dominou por completo, na região Centro, um programa de formação profissional destinado a funcionários das autarquias que era tutelado por Miguel Relvas, então Secretário de Estado da Administração Local.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.