Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

tudo aponta(va)

09.10.12

 

 

 

"Depois da desorientação com a TSU, o discurso oficial de austeridade esforça-se por voltar ao único ponto que consegue ser de partida, de percurso e de chegada: os cortes nos do costume e com os professores no lugar cimeiro da fila dos escolhidos.

 

E os professores já estão mais do que avisados do lema rilkeano: estamos irremediavelmente sós."

 

 

O que leu é um conteúdo de um post de 26 de Setembro de 2012.

 

A Fenprof, que já deve ter recebido o que estará em negociação, alerta para o regresso a Julho de 2012 e para a saga dos horários zero e por aí fora. O despedimento colectivo de cerca de 10000 professores pode ter sido apenas um primeiro passo.

 

 

 

12 comentários

Comentar post