Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

nunca se saberá?

17.07.12

 

 

 

Os tempos inadmissíveis que se viveram nos últimos dias no sistema escolar só podem ter duas causas principais: incompetência do MEC e de quem o "conduz" ou exigências troikanas-gasparianas.

 

Consideremos um concelho com duas escolas secundárias, a A e a B. Ficaram dois professores, em cada uma delas e no mesmo grupo disciplinar, com horário zero. Os da escola A só podem concorrer à escola B e vice-versa. Como é impossível serem colocados voltam à escola de origem.

 

A bancarrota tem causas exógenas, mas não só. E as máquinas organizativas que inovam no nível que apresentei, conseguem desempenhos que se sucedem com exemplos que nos envergonham.

 

Milhares do professores dos quadros foram lançados numa humilhação sem precedentes (os titulares e a avaliação conseguiram desempenhos quase semelhantes) e o ministro demorou uns dias a desfazer-se em desculpas enquanto, e pelo que leio, as ramificações da traquitana avisavam, de forma arrepiante, os professores "escolhidos" por telefone, email ou sms e sem qualquer explicação técnica. É. A incompetência somada ao discurso anti-escola e anti-professores estampou-se com estrondo e fico à espera, sentado, que os responsáveis se demitam. E repito uma questão fundamental: é difícil, para não escrever "impossível", confiar na palavra de um ministro e este Governo está definitivamente descredibilizado.

 

Crato garante que haverá lugar para todos os professores do quadro 

 

"Crato garantiu que os docentes com horário zero poderão ser retirados do concurso de mobilidade para desenvolverem actividades de apoio ao sucesso educativo, que contarão como componente lectiva, com vista "à integração completa de todos estes professores". Os directores serão informados já na quarta-feira.(...)

 

 

 

5 comentários

Comentar post