Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

e até se tem esforçado

21.06.12

 

 

 

 

Não podemos afirmar que Nuno Crato não se tem esforçado por se equiparar, mesmo que em algumas, poucas, matérias alinhe na ala oposta, a Maria de Lurdes Rodrigues. Dá ideia que a ex-ministra caiu nas boas graças de quem manda mesmo no país e Nuno Crato não deve desdenhar da graciosidade.

 

Apesar do preciosíssimo contributo do seu secretariado, Nuno Crato parece precisar de tempo para atingir um patamar semelhante. E convenhamos: não adoptou o mesmo registo tirano-ensandecido.

 

Cada vez que aparecem relatórios do tribunal de contas sobre a parque escolar.sa, as pessoas lembram-se da presença de Maria de Lurdes Rodrigues no parlamento onde afirmou, com veemência, que não houve derrapagens e que a coisa foi uma festa. É natural que comecem a circular cognomes nada abonatórios.

 

Se fizermos um inquérito confidencial ao pessoal da oligarquia republicana (sou republicano, ok) não nos admiremos se continuarem a considerar Maria de Lurdes Rodrigues uma reformista incompreendida. E a crença é tão feérica, que a ex-CEO do MEC saltou de imediato para uma das dez mais influentes instituições portuguesas.

 

A Fundação Luso-Americana não deve interessar para coisa alguma e não nos devemos admirar quando nos acusam de estarmos na bancarrota exactamente por isso: temos instituições fracas e cuidamos de forma esquisita do processo de selecção das chefias. Preferimos chefes a líderes, temos uma classe média fraca e isso é causa e consequência de um facto incontornável: somos uma sociedade corrupta.

3 comentários

Comentar post