Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

enquanto é tempo?

17.06.12

 

 

Gosto da centralidade da biblioteca da escola onde sou professor. É assim desde que entrou na rede respectiva, em 1998, e tem resistido, embora os últimos anos (os adolescentes perderam o direito ao silêncio, à descoberta e à tentativa) tenham retirado alunos das bibliotecas das escolas.

 

Fiz um pequeno vídeo (25 segundos) com uma exposição de alunos do 3º ano de escolaridade, a escola é uma básica integrada, orientada pela professora de expressão plástica. É um registo para memória futura, uma vez que com a febre das essenciais vamos eliminando as artes, as humanidades e outras coisas mais. Não tarda e acordaremos no sítio errado e desfazados das sociedades mais avançadas, estabilizadas e equilibradas, onde estas supressões não estão à mercê de epifanias, de achamentos ou de abusos de poder.