Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

retrato

15.06.12

 

 

 

Não há pior retrato para uma sociedade do que o que indica que não sabe o que fazer com as crianças ou com os idosos. Portugal entrou nesse espiral e vai ser difícil sair.

 

Quando começam as férias escolares, o impensável entra na ordem do dia: o que fazer com as crianças? Quem diria que chegaríamos a este ponto.

 

É o sinal mais evidente de que o abandono escolar precoce aumentará e que a natalidade percorrerá o caminho oposto. Enquanto não encararmos de frente a ideia de que a sociedade não pode estar ausente na educação das crianças e que a escola não pode transbordar de responsabilidades, os nossos indicadores colectivos não pararão de nos envergonhar.

 

As férias estão aí. Para onde vão as crianças a partir de segunda-feira?

4 comentários

Comentar post