Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

naturalmente exaustos

11.06.12

 

 

 

O estudo do ISPA, com uma amostra de cerca de 800 professores das várias zonas do país, é claro: cerca de metade dos professores sofre de stress, ansidedade e exaustão.

 

Há muito que os médicos, principalmente os psiquiatras, não se cansam de classificar a profissão de professor como de elevado risco. É natural que depois de vários anos com políticas educativas desmioladas - estatutos do professor e do aluno, avaliação do desempenho e gestão escolar - em que a desconfiança nos professores foi uma tónica assente em prestação de contas sobrecarregada de má burocracia, os resultados sejam arrasadores e prometam acentuar-se com uma nova onda de burocracia e de reorganização da actividade lectiva associadas a um modelo de avaliação-mais-do-mesmo e a uma gestão escolar megalómana que subalterniza a condição dos professores.

4 comentários

Comentar post