Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

às vezes, acontece

25.05.12

 

 

 

São conhecidos os erros médicos que levam a operar a perna errada ou outros falsos juízos ainda mais graves que não enumero porque o registo silente não me é desconhecido.

 

Implodir o edifício errado dá azo a muitas especulações. Bem sei que desde da década de setenta do século passado que, Daniel Stufflebeam e Michael Scriven e nos seus estudos sobre teoria da informação e definição de objectivos, alertaram para a ASO, avaliação sem referência a objectivos, em alternativa à ACO, avaliação com referência a objectivos. Ou seja, acontecia, e normalmente em programas aplicados por quem desconhecia o denominado terreno, que as práticas provocassem resultados opostos aos enunciados nos objectivos.

 

Parece ser um caso semelhante o que se está a passar com o sistema escolar e com o actual Governo. Definiram como objectivo implorir o MEC e estão a fazê-lo ao que resta das escolas. Já não se trata apenas da continuidade das políticas ou da apresentação de uma estrutura curricular, sem as propaladas apostas em achamentos essenciais, que condenaram ao Governo anterior, é o desplante de deixar para Maio e Junho o que deveria estar arrumado, no mínimo, em Janeiro ou Fevereiro.

3 comentários

Comentar post