Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

governar

11.05.12

 

 

 

Há algumas reflexões fundamentais nestes tempos de globalização que devem ser consideradas pelas formas de governo nas mais diversas escalas. Há dias escrevi este post sobre a cultura de agrupamento a propósito do actual modelo de gestão escolar e lembrei-me de acrescentar a seguinte leitura:

 

 

"(...)Governar é permitir a coordenação temporal entre uma multidão de sujeitos, sistemas, sociedades e culturas que vivem num tempo plural. Do ponto de vista civilizatório tratar-se-ia, como propôs Mireille Delmas-Marty (2006), de ordenar o múltiplo sem o reduzir ao idêntico, de reconhecer o pluralismo sem renunciar ao direito comum, de unificar sem impor a fusão, de não entender a modernização das sociedades com base no nosso próprio modelo, de promover a unificação sem a entender como sinónimo de ocidentalização.(...)"

 

*Daniel Innerarity (2011:110).

"O futuro e os seus inimigos".

Lisboa: Teorema.