Em busca do pensamento livre.
Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2012

 

 

 

Colocaram uma pessoa que está uns mil lugares atrás na lista graduada, porque consideraram a classificação académica em vez da classificação profissional, disse-me indignada uma jovem professora que continua desempregada. Não sabem o que estão a fazer?


Mas quando é que se põe uma qualquer ordem no estado de sítio em que se tornou o concurso de professores por oferta de escola?

 

DIAP abre processo-crime a concurso de professores



publicado por paulo prudêncio às 14:00 | link do post | comentar | partilhar

10 comentários:
De paulo a 8 de Fevereiro de 2012 às 18:37
Se a "lesada" tivesse terminado com uma média superior, em vez de andar, como muitos, a arrastar-se e a acabar ocm médias sofríveis não andava agora com esse problema! Acho muito bem que se privilegie quem acaba com melhores notas, independentemente do tempo de (mau) serviço que anda a prestar há anos!


De paulo prudêncio a 8 de Fevereiro de 2012 às 20:08
Não me parece que a questão seja essa. As listas graduadas, e de acordo com a lei, são estabelecidas pela classificação profissional. O que cada um de nós acha é, nestes casos, irrelevante. Conhecemos casos de quem tem boa classificação académica e fraco desempenho profissional e por aí fora.

Exemplos destes apenas comprovam o estado de sítio legal em que vivemos e que se presta às situações mais duvidosas.


De Isabel a 9 de Fevereiro de 2012 às 08:51
Paulo, vê o "I"-international "P"- people! Do you undrstand?


De Isabel a 8 de Fevereiro de 2012 às 20:25

Claro. E que tal "a ordem alfabética"?
E que tal"ter carta de condução e morar no concelho"?
E que tal por "envio de fotografia?"


De O país do ACHA a 8 de Fevereiro de 2012 às 20:50
Este é o o país do "acho que é assim". Falimos e não aprendemos. Ninguém cumpre a lei e depois aparecem os que defendem o seu incumprimento se for mais a jeito dos seus. Ou então acham que cada um faz a lei que mais lhe interessa. Porca miséria!


De Rui a 10 de Fevereiro de 2012 às 20:41
Acho que para todas as futuras operações cirúrgicas que este paulo pequenino algum dia venha a fazer - o diabo seja cego, surdo e mudo - deve ser convocado um médico cirurgião que tenha saído da universidade no ano anterior com a melhor média do seu curso.


De Isabel a 11 de Fevereiro de 2012 às 08:51
Boa!
Boa não, óptima com p!


De Fausto Viegas (Norte) a 8 de Fevereiro de 2012 às 21:00
Esta valvúrdia já chateia, carago. O comentador "paulo", que não o Paulo Prudêncio, acha "muito bem que se privilegie quem acaba com melhores notas, independentemente do tempo de (mau) serviço que anda a prestar há anos!" Coisa vonita e que um Homem do Norte não perceve patabina, carago.


De Isabel a 9 de Fevereiro de 2012 às 18:06
O paulo que não é Paulo, que tem pena de não ser o Paulo, acha bem, tudo o que o Paulo achar mal!

Quanto ao critério 1º, parece que era a habilitação académica. Ou seja: alguém com um mestrado, por exemplo em Nutrição ou Astrologia, mas com 0 de tempo de serviço, está em 1º lugar.
É tudo menos justo, parece-me!


De Professorindignado a 9 de Fevereiro de 2012 às 14:46
A professora deve reclamar até às últimas consequências. Se o fizer, dá uma ajuda à democracia e a Inspecção-Geral atuará.


comentar post

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
Até pode ser uma explicação: anos a fio na "selva"...
Até pode ser uma explicação: anos a fio na "selva"...
Uma descida grave.
Também de Singapura vêm outras boas iniciativas:ht...
Também aqui se realça Singapura por boas razões:ht...
tempos que têm os ingredientes para os 'trumps'/'b...
Não conhecia essa situação.
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

bartoon

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676