Em busca do pensamento livre.
Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2012

 

 

Se chegámos a 2005 com cerca de 60 mil professores dos ensinos básico e secundário situados nos três escalões do topo da carreira, a culpa foi de quem usou o bem comum para perseguir interesses eleitorais e alimentar clientelas - foi assim na década de noventa do século passado e não continuou neste milénio porque a bancarrota atingiu, de forma concludente, a banca. Pode discutir-se se foi justo (afinal, existia ainda um último patamar a que os professores nunca acederam), mas não se pode responsabilizar os professores.

 

Em vez de se ter falado "verdade" a tempo, embora processos de auto-acusação sejam raríssimos, iniciámos uma viagem de retrocesso que nos aproxima da situação que encontrámos no sistema escolar quando terminou a ditadura de Salazar: a maioria dos professores estava a contrato e numa situação de precariedade.



publicado por paulo prudêncio às 19:15 | link do post | comentar | partilhar

6 comentários:
De ana a 2 de Fevereiro de 2012 às 21:56
"a maioria dos professores estava a contrato e numa situação de precariedade."

E não ganhavam/ não recebiam vencimento nos meses de Verão.
Até nisso haverá retrocesso?
Já começaram por fazer algo parecido aos professores contratados, para além de surripiarem o subsídio de férias a todos (e o de Natal, claro!).
Emigrar está a tornar-se um sonho, um desejo e não apenas uma necessidade. (Que pena ser tão velha!!!)


De Paulo G. Trilho Prudencio a 3 de Fevereiro de 2012 às 11:20
É Ana


De PROF a 3 de Fevereiro de 2012 às 13:17
Assembleia da República
PSD e CDS querem atribuir aos professores o estatuto de autoridade pública!?!?!?


De Isabel a 3 de Fevereiro de 2012 às 15:16
Já só falta mesmo o Salazar!


De PROF a 3 de Fevereiro de 2012 às 18:11
E O CARDEAL MANEL CEREJEIRA


De paulo prudêncio a 3 de Fevereiro de 2012 às 18:27


comentar post

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
Enfim. Isto chegou a um ponto tal que tudo pode, r...
falha 'conveniente' para quem não quer ser incomod...
São tempos muito diferentes. Também verifico isso,...
Há 10 anos atrás, a blogosfera e outras plataforma...
Ao que percebi, é também a dúvida do autor.
Cavalga; concordo.
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676