Em busca do pensamento livre.
Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2012

 

 

A actualidade obedece ao vórtice da sociedade global e é incerta; sabemos isso. Antecipar a sociedade do futuro é uma dificuldade das democracias ocidentais. "(...)O futuro já não é construído lutando contra os que defendem o passado, mas sim contra os que parecem ser pelo futuro mas que o defendem mal.(...)" (1) 

Olhemos para factos: enquanto na EDP se contratualizam salários mensais de 40 mil euros (para membros do Conselho Geral) há magistrados e polícias a passar fome.

 

Isto choca. Não nos deve surpreender que a nossa democracia seja menos considerada do que a de Cabo Verde e que o nosso futuro se apresente sombrio.

Há «magistrados e polícias a passar fome», diz Maria José Morgado 

 

(1) Daniel Innerarity (2011, p:15).

"O futuro e os seus inimigos". Lisboa: Teorema.



publicado por paulo prudêncio às 11:55 | link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De Sérgio a 2 de Fevereiro de 2012 às 23:34
Fome e sede de justiça

Queixou-se na TVI24 a procuradora-geral adjunta Maria José Morgado, directora do DIAP, de que há "magistrados, funcionários e polícias pés-descalços e a passar fome".

Quanto a funcionários e polícias, passo. Apesar de terem, muitos deles, um salário de miséria, ainda assim vão, porém, tendo um salário, coisa de que não se podem gabar os 700 000 portugueses desempregados. Mas não custa a crer que, como diz o presidente do Sindicato dos Funcionários Judiciais, haja "colegas em alguns tribunais que estão um pouco dependentes da solidariedade".

Um magistrado a meio da carreira aufere 3 600 euros líquidos por mês, mais subsídio de compensação/renda de casa. É certo que, se os magistrados fossem pagos à hora, sobretudo na 1.ª instância, onde frequentemente se trabalha 9 e 10 horas por dia, ganhariam muito mais, mas daí a dizer-se que os há a "passar fome" não só não é crível como, num país em que o salário mínimo (dos privilegiados que têm salário) é de 485 euros, é tão afrontoso como o presidente da República queixar-se de que os seus mais de 10 000 euros de pensões não lhe chegam "para pagar as despesas".

A não ser que Maria José Morgado se refira à "fome e sede de justiça" que as magistraturas hoje justificadamente sentem, poderia perguntar-se porque é que os tais "magistrados pés-descalços", se têm fome, não comem brioches.
Manuel António Pina, JN


De Paulo G. Trilho Prudencio a 3 de Fevereiro de 2012 às 11:22
Bem observado. Opiniões divergentes que dão que pensar


comentar post

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
Até pode ser uma explicação: anos a fio na "selva"...
Até pode ser uma explicação: anos a fio na "selva"...
Uma descida grave.
Também de Singapura vêm outras boas iniciativas:ht...
Também aqui se realça Singapura por boas razões:ht...
tempos que têm os ingredientes para os 'trumps'/'b...
Não conhecia essa situação.
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

bartoon

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676