Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

já não é apenas joseph stiglitz

01.02.12

 

 

Começa a ser recorrente ouvir um prémio Nobel da economia afirmar que os programas de austeridade em curso não resultam. Desta vez é Paul Krugman. Considera-os ruinosos e não pode ser considerado de esquerdismo radical, como alguns gostam de classificar a lucidez de Joseph Stiglitz. Para já vai pervalecendo a tese dos alunos de Friedman que chegaram aos governos sem sufrágio directo e universal. Dá que pensar.

Krugman acusa decisores de amnésia intencional que leva a austeridade ruinosa 

"O economista Paul Krugman sustenta que o Produto Interno Bruto (PIB) – ou seja a riqueza gerada – da maioria das principais economias europeias está a evoluir pior do que após a Grande Depressão de 1929, o que prova que a austeridade na Europa não está a funcionar."

2 comentários

Comentar post