Em busca do pensamento livre.
Quinta-feira, 26 de Janeiro de 2012

 

 

Portugal multado por causa de gaiolas de galinhas poedeiras 

 

 

Esta notícia recordou-me este post, que fiz há pouco tempo, e que diz assim:

 

 

Sabotadores.

 

- O proletariado tem o dever do movimento - informou o activista -, e tudo aquilo que ele encontra pelo caminho é seu: seja a verdade, seja uma peça roubada a uma kulak, tudo vai para o caldeirão organizativo; não reconhecerás nada. E as galinhas apalpaste-as?

- Passei toda a noite a apapá-las, nenhuma delas tem ovo.

O actvista concentrou-se; os seus assistentes também ficaram identicamente pensativos: poderia uma ave ser cúmplice dos kulaks?

- É preciso preparar todas as galinhas, matá-las e comê-las - declarou um dos membros do corpo de activistas depois de ter reflectido.

- E reparaste nos galos? - perguntou o activista.

- Não há galos - disse Voschev. - Um homem que estava deitado no pátio disse-me que tu comeste o último galo numa ocasião em que percorrias o kolkhoze e de repente sentiste fome.

- Importa-nos esclarecer quem comeu o primeiro galo, e não o último - declarou o activista.

- Como é que ele morria por si mesmo? - surpreendeu-se o activista- - Achas que é um sabotador consciente para morrer num momento destes? Vamos fazer um interrogatório abrangente: a base aqui deve ser outra.

Todos se levantaram e foram procurar o pérfido sabotador que, para sua própria alimentação, exterminou o primeiro galo. Voschev e Tchíklin também seguiram atrás do activista.

- O caso é sério - dizia Tchíkilin. - Sem ovos as crianças definham e não chegam a adultos!

- É claro - conformou Voschev, mas ele próprio se atormentava, porque aceitaria viver até à morte sem um ovo de galinha, em troca de conhecer o mecanismo essencial ao mundo.

 

 

Andrei Platónov (2011:93), 

"A escavação" Antígona




publicado por paulo prudêncio às 16:19 | link do post | comentar | partilhar

4 comentários:
De ramos silva pereira a 26 de Janeiro de 2012 às 18:34
pensar


De paulo prudêncio a 26 de Janeiro de 2012 às 20:06


De Zoca Perdigão a 26 de Janeiro de 2012 às 19:17
Tanta preocupação com galinhas e tão pouca com crianças.


De paulo prudêncio a 26 de Janeiro de 2012 às 20:06
É


comentar post

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
Nem mais. Aliás, Lurdes Rodrigues iniciou a transf...
O exercício da profissão de professor, não só em P...
e então as dezenas de páginas de documentos dos co...
E um grande estimulante a atingir esse estado da c...
Enfim. Isto chegou a um ponto tal que tudo pode, r...
falha 'conveniente' para quem não quer ser incomod...
São tempos muito diferentes. Também verifico isso,...
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676