Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

não ajuda nada

09.01.12

 

 

A edição impressa do Público de ontem classifica Fernando Lima como o incorrigível spin. O polémico ex-assessor de imprensa do presidente da República, e actual assessor político, merece a seguinte nota: "Preparem as baterias, apontem os canhões que no ar paira o perigo do jornalismo livre. O alerta chegou-nos esta semana pela pena de Fernando Lima (...), que diz que "uma informação não domesticada constitui uma ameaça" (...) e que o controle do perigo faz-se (...)com "a manipulação da informação". Num país que apreciasse de verdade a liberdade, o spin doctor de Belém estaria em xeque."

 

Cavaco Silva tem-se rodeado de figuras inclassificáveis. Nesta fase da democracia, e mesmo em qualquer outra, não ajuda nada um presidente com estas circunstâncias. Se nos lembrarmos de Oliveira e Costa, Duarte Lima, Isaltino de Morais ou daquele ex-conselheiro de estado (não me lembro do nome) que se diz estar em Cabo Verde, só podemos ficar inquietos. A questão da domesticação de quem produz informação, que é tão cara a Fernando Lima, é uma realidade que muitos bloggers têm sentido por parte dos poderes formais da democracia. Dá que pensar a notícia do The Economist que considera Portugal menos democrático do que Cabo Verde. A olhar para os imigrantes que a jovem nação tem recebido, é caso para temer pela sua descida no ranking.

4 comentários

Comentar post