Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

incorrigíveis

05.01.12

 

 

O despautério na gestão dos dinheiros públicos viciou responsáveis políticos e organizações do estado. Há mesmo quem afirme que a generalização da pequena corrupção e do pequeno jeito criam a atmosfera que "desculpabiliza" a grande corrupção e a inevitável falência financeira dos países. É um caldo de vale tudo e de salve-se quem puder e em que quem fizer a golpada mais volumosa é, silenciosamente, enaltecido.

 

 

Entre tantos exemplos, a parque escolar e as PPP´s são evidências do desgoverno da causa comum. Se em todas as alturas se deve condenar e denunciar os desvios, nesta fase de empobrecimento temos de classificá-los como insanos. Virou o ano e os funcionários públicos continuam com o salário cortado, perderam metade do subsídio de natal e aguarda-os coisa pior. Seria injustificável que as instituições do estado abrissem o ano económico com despesas supérfluas e não essenciais ao seu objecto, que podem ir da garantia do não corte de subsídios a assessores governativos até fogos-de-artifício variados, passando por mudanças de mobiliário, impressões a cores desnecessárias ou novas decorações de interiores e exteriores apenas porque se acha que assim fica melhor e mais in; seria mesmo imperdoável.

2 comentários

Comentar post