Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

dos cortes e da continuidade

12.12.11

 

 

Lurdes Rodrigues e J. Sócrates anunciaram a necessidade do corte na coluna vertebral dos professores portugueses através do silêncio dos sindicatos. Foi assim que iniciaram a tragédia.

Concorde-se ou não com o comportamento político das diversas estruturas sindicais, parece-me preocupante o não envolvimento dos sindicatos de professores na apresentação da proposta de estrutura curricular. Fica, desde logo, a ideia de continuidade.

Se é certo que esta discussão engloba matérias de caracter científico e pedagógico, também é verdadeiro que a supressão de horas curriculares cria desemprego e origina problemas laborais graves. É, portanto, inaceitável a decisão do governo e não augura nada de bom. Sem concertação social e sem o envolvimento dos diversos parceiros não há mudanças efectivas. A mobilização é um factor chave para todos os que se lançam de boa fé na tentativa de fazer avançar os países e as instituições. O medo do confronto com opiniões diversas é um sinal de fraqueza e terá péssimos resultados; como se comprovou anteriormente.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.