Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

desmagnetizada

15.11.11

 

 

 

 

 

O governo perdeu o norte económico e a situação agrava-se a cada dia. A lição que traziam indicava austeridade forte e não contemplativa, embora já se comecem a evidenciar sinais de que o "rigor" era só para alguns. A tese do bom aluno permitiu uma polémica demarcação da situação grega. E já se sabe: quem não é solidário, mais cedo do que tarde recebe um qualquer retorno.

 

A recessão económica evidenciada nos últimos dias instalou a hesitação e os cortes nos subsídios oscilaram. Os porta-vozes de serviço pagaram o género de tributo e, como quase sempre, vestiram o ridículo obrigatório e anunciaram o princípio do fim de não sei o quê. Sejamos claros: o europa-do-centro-norte quer bons alunos, mas com economias que cresçam; e mais: estão com muita pressa, porque o capitalismo selvagem eliminou o silêncio, a reflexão, a poesia e quiçá a inteligência.

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.