Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

da madeira

09.10.11

 

 

O governador reeleito sublinhou o óbvio: o trágico e o risível tocam-se. Até o capitalismo selvagem foi alvo no rol de culpados. Os resultados indicam o que se suspeitava: a tonalidade formalmente de direita vai subindo em Portugal.

 

A esquerda está desorientada por culpa própria. O seu maior partido político carrega uma herança que arrasta os satélites mainstream atrás de si. Os tempos são o que se sabe e o futuro da esquerda portuguesa não tem alternativa: libertar-se de forma assertiva das políticas, e dos compromissos, da primeira década deste século. 

1 comentário

Comentar post