Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

para a pólis

01.10.11

 

 

Conhecer o que se leccionou no ano anterior ou seguinte, pode ser importante. Mas o que interessa mesmo é saber por onde é que os alunos começam. Não se justifica reunir periodicamente com quem lecciona noutro ciclo. Expiar a atribuição da culpa ao ciclo anterior, resolve-se com desburocratização e ausência de reuniões desnecessárias. A socialização deve ficar para a pólis, ao critério dos sujeitos e sem imposições articulares.

 

(1ª edição em 24 de Julho de 2010. Rescrito.)