Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

mitificações apressadas

08.06.11

 

 

Há umas pessoas muito adeptas do despojamento dos outros que mitificam a Alemanha como o lugar da disciplina, do trabalho e da seriedade; enfim. Nunca nos devemos esquecer que é o mesmo país que "recentemente" elegeu um socialista-nacionalista que perpetrou um holocausto e que há quem diga que os alemães negoceiam demasiado com todo o tipo de ditaduras corruptas por esse mundo fora.

 

Seja qual for o ponto de vista, os últimos dias deram para perceber o estado das coisas. Obama, com Merkel ao lado, foi claro numa conferência de imprensa recente: a Grécia não pode cair. E a Alemanha até já fala em reestruturação.

 

Obama e Merkel celebram a aliança entre EUA e Alemanha

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Vasco Xavier Alexandre

    08.06.11

    Concordo com a com a opinião do Paulo relativamente à mitificação do povo modelar.
    É chegada a hora de começarmos nós a investir numa imagem de excelência portuguesa, porque temos razões para o fazer. Há cientistas portugueses a trabalhar na CERN e na NASA e milhares de outros quadros a trabalhar nos mais inóspitos lugares do mundo, nas mais diversificadas áreas laborais, revelando invariavelmente capacidade e trabalho e integração.
    As pessoas são a nossa maior riqueza, daí o meu especial carinho por quem dedica uma vida inteira a ensinar.
    Reforço o comentário de Graça Sampaio dizendo alegoricamente que vejo a Alemanha como um PIG that wants to fatten à custa de Portugal e outros incautos pequenos países ( por exemplo a Grécia também foi vítima com a compra de material militar).
    Veja-se quem ganhou o concurso dos famigerados submarinos para desgosto dos americanos e quem está na linha da frente para o fornecimento das locomotivas de alta velocidade (há três empresas a concurso e eu aposto na alemã Siemens como vencedora).
    Somos para eles um pequeno nenúfar onde pretendem encontrar equilíbrio na travessia da crise.

    Um abraço
    Vasco
  • Sem imagem de perfil

    graça sampaio

    08.06.11

    Obrigada, Vasco!
  • Subscrevo. Obrigado pelos vossos contributos. Abraço aos dois.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.