Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

diálogo

01.06.11

 

 

 

Era bom contar. Sim. Contar o número do vezes que o chefe do governo de gestão usou o substantivo diálogo desde 2005 até anteontem e comparar o resultado com uma contagem semelhante feita nos últimos dois dias. E tinha piada associar na conclusão o apelo desesperado ao bloco central a que se tem assistido no segundo período.

 

Posso estar muito enganado, mas a derrota deste PS vai ser muito mais significativa do que aquilo que é indicado pelos números das sondagens. Os que se esconderam atrás da clubite vão ficar muito mal na fotografia. O chefe do governo de gestão, pelo menos na Educação, foi o obstinado de serviço para as ideias de outros. É claro que depois tornou-se no sabe-tudo-que-se-conhece.

2 comentários

Comentar post