Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

ideias, projectos e pessoas

15.05.11, Paulo Prudêncio

 

 

Não o conhecia, estive com ele umas duas horas numa acção de campanha e fiquei com a impressão que é uma excelente pessoa, é o que me têm dito alguns militantes do PS local a propósito de terem de votar em Basílio Horta. Sorrio e abano interiormente a cabeça na horizontal com esta capacidade de aferição instantânea de carácter. Nestas situações, lembro-me sempre daquele antiga expressão (é mais ou menos assim): se queremos ser elevados discutimos ideias, se somos inteligentes confrontamos projectos e se falamos de pessoas somos primários. Não comento e sigo a minha vida.

 

Não conseguimos fugir às três condições, mas o tempo político que lhes dedicamos parece-me fundamental. É claro que o carácter e as características da personalidade são importantes e o que mais me impressiona neste PS é a ausência de ideias, o vazio de projectos e o fanatismo clubista à volta de pessoas. É um estranho eucaliptal onde tudo se faz para que o chefe ganhe e se mantenha um inconfessável cimento.

15 comentários

Comentar post