Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

o eduquês da lehman brothers

15.04.11

 

 

 

Justificou-se um especialista norte-americano em supervisão bancária: os casos do tipo Lehman Brothers e Goldman Sachs eram quase impossíveis de detectar. Eram verdadeiros labirintos burocráticos, construídos ao longo de anos, e que permitiam aos seus mentores as mais sofisticadas patranhas. O monstruoso e complexo elenco de indicadores e de descritores impedia qualquer veleidade aos auditores externos e aos clientes lesados.

 

Contudo, estas instituições tinham uma linguagem bem-pensante e sedutora que não só embeveceu o mundo académico e político como se viria a tornar totalitária se não tivesse sofrido o abalo que se conhece. É exactamente o mesmo que é preciso fazer ao monstruoso edifício de má burocracia que asfixia as nossas escolas. Sabemos que é difícil derrubar uma industria que move milhões, mas o país está num estado em que tudo deve ser equacionado e considerado possível. O belo nunca foi fácil.