Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

o fundo e as vozes

01.04.11

 

 

 

 

 

Foi de tal modo dilacerante que o temor empurrou a alegria para fora do universo profissional dos professores. Mesmo depois da queda do mais terrível dos monstros, as vozes sufocaram-se na apreensão com o que se vai passar a seguir. Como se fosse possível descer ainda mais fundo, como se a mais dura vitória que os professores conseguiram não encerrasse uma qualquer lição para o mainstream.

 

Os do poder a desmoronar-se que mais apelam à organização de um centrão, são as lapas que habituaram os lúcidos a seguir o contrário do que dizem. O único "sucesso" que podem reivindicar ao fim de mais de 30 anos, é a transformação do PS na central com mais poder financeiro e influência do país. Os resultados estão aí. Se associarmos essa evidência às mais valias do irmão gémeo, temos explicada a causa da bancarrota: a santa aliança do BPN com o BCP.

 

É essa a encruzilhada que se coloca aos professores. Como ter a certeza que o monstro passou ao histórico das insanidades e qual o caminho a seguir. Há, desde logo, uma primeira objectividade que passa pela fácil identificação do que não se quer com toda a certeza. E isso já é um primeiro passo para o retorno da alegria e para que as vozes saiam do fundo e espreitam de novo uma qualquer esperança.