Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

têm a palavra os directores

29.03.11

 

 

Com a publicação do despacho sobre a organização das escolas acentua-se a centralização na gestão de recursos humanos. As escolas portuguesas são cada vez mais um front office do ME. A redução de adjuntos da direcção e a eliminação das horas da componente lectiva destinadas às assessorias associada aos agrupamentos de escolas é um teste à capacidade de indignação de quem exerce funções de direcção.

 

Da leitura do despacho fica a certeza que o desemprego de professores em Setembro será acentuado e que o número de horários zero será significativo.

 

Importa sublinhar alguns aspectos:

 

A actividade de apoio aos alunos transfere-se para a componente não lectiva;

 

A actividade de coordenação dos departamentos curriculares transfere-se para a componente não lectiva;

 

As horas lectivas destinadas às assessorias da direcção desaparecem;

 

O plano tecnológico da escola vê o crédito de horas lectivas reduzido a zero.

 

4 comentários

Comentar post