Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

melhorar o ensino

29.03.11

 

 

Este post do Ramiro Marques coloca questões importantes para quem quer melhorar a vida das escolas. Inscreve um resumo de um estudo de Samuel Colbert, professor de gestão na Universidade da Califórnia, que diz assim:

 

#1. É um erro dar poder aos diretores para contratarem professores. Por várias razões: os diretores, regra geral, sabem pouco ou mesmo nada sobre o que é ensinar bem; os diretores têm a tendência para recrutar yes men sem autonomia nem criatividade. Muitos diretores detestam dar aulas e foi por isso que deixaram de leccionar.

 
#2. Se querem incentivar os professores a melhorarem a sua performance deixem de associar a avaliação de desempenho à progressão na carreira. Porquê? Porque a melhor forma de estimular os professores a melhorarem os processos de ensino e os resultados é criando ambientes favoráveis à autonomia, à criatividade, à cooperação e à inovação pedagógica.
 
#3. Se querem desmoralizar e desmotivar os professores criem uma avaliação de desempenho punitiva, comecem a dar prémios a uns e castigos a outros.
 
#4. Se querem estimular e motivar os professores criem ambientes escolares onde os professores se sintam bem, colaborem e cooperem uns com os outros em vez de competirem pelas boas graças dos diretores ou por prémios de desempenho.
 
#5. Se querem melhorar os serviços educativos prestados pelos professores coloquem os partidos e a política fora das escolas.