Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

1000 euros

15.03.14

 

 

 

 

Para Gaspar, P. Coelho, M. L. Albuquerque, Moedas e por aí fora, mil euros é o tecto salarial reservado ao povo e aos seus quadros superiores; acima disso é-se rico e esse espaço é reservado a quem se movimente nos aparelhos partidários, e nas suas órbitas evidentemente, que governam. Os banqueiros e os directores executivos das grandes empresas monopolistas (é a linguagem escolhida pelo Nobel Joseph Stiglitz) são uma casta desregulada que tem que ser muito bem tratada. Aliás, o FMI, por exemplo, é mesmo intocável e como credor fica de fora de qualquer perdão de dívida. E porquê? Porque são muito produtivos e infalíveis; os investigadores menos comprometidos é que andam distraídos ou então desconhecem as folhas excel.

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.