Em busca do pensamento livre.

Domingo, 12.02.17

 

 

 

Cavaco Silva foi célebre na "apresentação das memórias" sobre o tempo recente. O livro terá como título "Quinta-feira e outros dias". Aguarda-se, e já agora estranha-se o atraso, o livro de memórias sobre o tempo do BPN e das suas companhias como primeiro-ministro e chefe do PSD. Ou será que Paula Rego foi premonitória no revisionismo?

 

10569786_YTiQQ

 

"Na companhia de mulheres". Paula Rego.



publicado por paulo prudêncio às 17:01 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Quinta-feira, 26.01.17

 

 

 

O ambiente no país melhorou com o novo Governo, mas é inquestionável, e com todo o realismo, que se mantêm as componentes críticas da vida profissional de milhares de professores. Temos o dever de o sublinhar. E nem todas têm implicações financeiras; algumas melhoravam a capacidade volitiva, atenuavam o burnout e reduziam a despesa.

É a 4ª edição desta curta radiografia. A 1ª é de 5 de Novembro de 2015, a 2ª de 10 de Junho de 2016 e a 3ª de 20 de Novembro de 2016. Vou repetindo o post enquanto se justificar, sem esquecer boas intervenções em variáveis importantes (por exemplo: concursos BCE, prova de acesso e rede escolar).

Há uma legião de professores contratados sujeita a um inimaginável processo de desprezo profissional. O desinvestimento na escola foi brutal também nos seus profissionais. E os professores do quadro? Estão há anos com a carreira congelada, para além, obviamente, dos cortes transversais e da aposentação retardada. As imagens alojam-se e inscrevem os acontecimentos mais significativos: anos a fio com a avaliação do desempenho kafkiana (salva-se a inutilidade), divisões na carreira, mais turmas com mais alunos em horários ao minuto, inutilidades horárias, hiperburocracia, espectro de horário zero e megagrupamentos com um modelo de gestão "impensado" que transportou a partidocracia para dentro das escolas. É natural que o sentimento de "fuga" se afirme com tantos murros na dignidade. Importa sublinhar que os meios de comunicação social estão há uma dezena de anos a publicitar em primeira página a devassa da carreira dos professores e o "tudo está mal na escola pública".

 

 

632de4ff531e7f964e6bbf1da02900b9

 

 Faces, Picasso



publicado por paulo prudêncio às 16:40 | link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Sábado, 31.12.16

 

 

 

 

IMG_0346

Alameda da Fundação Serralves

 

Dizem-me que Rio "eliminou" a oferta cultural no Porto e nota-se nos teatros e nos cinemas. Num registo mais recente, a zona histórica da cidade rendeu-se à inundação turística e o clima acompanhou. Ficámos alojados na Avenida da Boavista, ao largo da agitação, e começámos por Joan Miró (materialidade e metamorfose) um acervo que estava nas mãos do BPN (arte é arte acima dos negócios terrenos). Jantámos no imperdível Solar Moínho de Vento (o arroz malandro com costelinhas, grelos e moura é divinal). Amadeo de Souza Cardoso (exposição 1916-2016), no Museu Nacional Soares dos Reis ficou para o dia seguinte)é uma recriação da genial exposição em que Amadeo foi tudo antes de morrer com 30 anos vítima da "gripe espanhola". Como ouvi a um catalão: os portistas vingaram-se quase um século depois e apropriaram-se do Joan Miró. Mais à noite, o Ribeira Square fez jus à famosa francesinha antes da Casa da Música exibir outro ponto forte da actualidade nacional: os jovens músicos representados pelo quinteto de Filipe Teixeira.

 

IMG_0350

Quinteto de Filipe Teixeira na Casa da Música

 

O Porto está belíssimo para passear. O tabuleiro superior da ponte D. Luís, de Gustave Eiffel, ficou para metro e peões. Passámos por lá e fotografámos os últimos momentos de uma visita muito agradável.

 

IMG_0356

 Ribeira do Porto vista da Ponte D.Luís



publicado por paulo prudêncio às 10:47 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 15.10.16

 

 

 

Gosto de rever museus. Não me importo quando uma viagem se resume a esses espaços, aos alojamentos e a curtos passeios. A revisão permite aprender mais e atenua a busca do tempo perdido. O acervo do Prado é o que se sabe, mas permitam-me que escolha o tríptico "The Garden of Earthly Delights" de Hieronymus Bosch (El Bosco em espanhol), que justificou uma sessão interessante no último Folio de Óbidos.

 

17353044_vlr8I

 

Bosh, Museu do Prado. (este vídeo ajuda)

 

internet permite saber muito mais. Basta googlar.

Contudo, a presença física continua insuperável.



publicado por paulo prudêncio às 21:32 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Terça-feira, 16.08.16

 

 

 

 

A Casa das Histórias Paula Rego, desenhada por Souto Moura, consolida-se como um espaço obrigatório.

 

image.jpeg

 

As oito salas - são nove, mas a sala zero recebe obras de pintores influenciados por Paula Rego - apresenta a exposição Old Meets New (Paula Rego). O encontro de perdição começa com o tríptico "família" que pode ver de seguida.

 

image.jpeg

 

 



publicado por paulo prudêncio às 23:17 | link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 03.08.16

 

 

 

Rilke já nos avisara para a possibilidade terrível dos anjos. Salvador Dalí transformou-os em borboletas, um símbolo da mafia tatuada nas costas dos elementos. A intemporal premonição de Dalí (Os anjos transformam-se em borboletas) está patente no Museu de Belas Artes de Oviedo.

image.jpeg

 



publicado por paulo prudêncio às 14:24 | link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 22.06.16

 

 

 

O surrealismo, como corrente artística de vanguarda que influenciaria o modernismo entre as duas grandes guerras do século XX, estará patente no neoliberalismo que afundou o país e a maioria das instituições.

 

Ansiamos por uma saída. Olhar para essa corrente ajudaria, até para os que atingiram um pico de adrenalina como foi o caso do ex-primeiro-ministro que anteontem confessou sobre o inquérito à CGD: "infantil manobra tática preventiva" do parceiro da bancarrota.

 

Ou seja, primeiro destrói-se e depois "trocam-se infantilidades". E aí voltamos à análise do surrealismo. A sua saída exige psicanálise. Convém recordar que a corrente de Sigmund Freud penetrava no inconsciente, o que influenciou decisivamente o surrealismo como actividade criativa.

 

49ba7104039431cd22f9067808447d01.jpg

 



publicado por paulo prudêncio às 21:09 | link do post | comentar | ver comentários (11) | partilhar

Quarta-feira, 23.12.15

 

 

 

O surrealismo, como corrente artística de vanguarda que definiria os caminhos do modernismo entre as duas grandes guerras do século XX, está vigente no liberalismo que tem comandado o país e a maioria das instituições. 

 

Ansiamos por uma saída para o estado em que vivemos e um olhar para o surrealismo ajudaria a reencontrar o caminho da modernidade, mesmo para os que atingiram um qualquer pico de adrenalina como foi o caso do deputado trauliteiro do PSD, Carlos Abreu Amorim, que ainda ontem nos recordou esta sua confissão: "Já não sou um liberal. O Estado tem de ter força".

 

Ou seja, primeiro destrói-se e depois confessa-se. E aí voltamos à análise do surrealismo. A saída do estado surreal só se consegue com muita psicanálise. É bom recordar que a corrente de Sigmund Freud penetrava no inconsciente e isso influenciou decisivamente o surrealismo como actividade criativa.

 

17857012_ebzDu.jpeg

Pintura de Vladimir Kush.

 



publicado por paulo prudêncio às 17:39 | link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 07.10.15

 

 

 

A divergência argumentativa à volta da formação do Governo aconselhava a helénica suspensão dos juízos: a époché (estado de repouso mental (momento de dúvida) pelo qual nem afirmamos nem negamos); mas registo algumas impressões.

 

Espero, obviamente, que a democracia funcione.

 

Ouvi o ainda PR a ler a "exclusão" em nome do acesso restrito às benesses ilimitadas do arco. Escutei as réplicas dos partidos e lembrei-me dos gregos. Por exemplo, o BE disse na campanha que não era o Syriza depois de em Fevereiro rejubilar com os feitos. Talvez fosse avisada alguma prudência associada ao respeito pela coragem dos outros. O PS tem ainda recursos para não se pasokiizar e a CDU mantém-se na galáxia da irrefutabilidade.

 

Percebi que Relvas foi a Brasília "contratar o marqueteiro" (que também fez campanhas Menezes) que "criou" a PàF (que é diferente de PSD mais CDS) em articulação com Marco Costa e Passos Coelho. É o mesmo registo que anunciou ministros de um novo Governo logo na noite eleitoral antes sequer dos números definitivos e da vontade constitucional do PR e que vai demonstrando um manancial de habilidades equivalentes a um nível tecnológico bem em forma. Não lhes auguro grande futuro: a frente de direita não deve escapar ao efeito "nova democracia".

 

Voltando à époché; a suspensão dos juízos husserliana também é actividade, ou, no mínimo, um "repouso" activo que implica uma decisão do pensar: sim ou não? E isso é muito mais fácil para os "treinadores de bancada".

 

gustav-klimt-death-and-life.jpeg

 

"A Vida e a Morte" de Gustav Klimt.

 



publicado por paulo prudêncio às 14:16 | link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Segunda-feira, 31.08.15

 

 

 

 

 

IMG_2147.JPG

IMG_2148.JPG

 

 Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.



publicado por paulo prudêncio às 10:10 | link do post | comentar | partilhar

Domingo, 30.08.15

 

 

 

 

IMG_1931.JPG

IMG_1932.JPG

IMG_2151.JPG

IMG_2152.JPG

  Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.



publicado por paulo prudêncio às 10:06 | link do post | comentar | ver comentários (5) | partilhar

Sábado, 29.08.15

 

 

 

 

 

 

 

IMG_2100.JPG

IMG_2101.JPG

 

 Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.



publicado por paulo prudêncio às 09:46 | link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 28.08.15

 

 

 

 

IMG_2098.jpg

IMG_2099.JPG

 

 Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:44 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Quinta-feira, 27.08.15

 

 

 

 

IMG_2086.jpg

IMG_2087.JPG

  Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.



publicado por paulo prudêncio às 09:42 | link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 25.08.15

 

 

 

 

IMG_2082.jpg

IMG_2083.JPG

  Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.



publicado por paulo prudêncio às 09:51 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Segunda-feira, 24.08.15

 

 

 

 

 

IMG_2080.jpg

IMG_2081.JPG

 Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.

 



publicado por paulo prudêncio às 09:49 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Domingo, 23.08.15

 

 

 

 

 

IMG_2078.jpg

IMG_2079.JPG

  Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.



publicado por paulo prudêncio às 09:48 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 22.08.15

 

 

 

 

IMG_2076.JPG

IMG_2077.JPG

 Albertina museum. Viena. Agosto de 2015. 



publicado por paulo prudêncio às 10:10 | link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 21.08.15

 

 

 

 

IMG_2074.JPG

IMG_2075.JPG

 Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.

 



publicado por paulo prudêncio às 10:10 | link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 20.08.15

 

 

 

 

 

IMG_2072.jpg

IMG_2073.JPG

 Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.

 



publicado por paulo prudêncio às 10:15 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Quarta-feira, 19.08.15

 

 

 

 

IMG_2070.JPG

 

IMG_2071.JPG

 

 Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.

 



publicado por paulo prudêncio às 10:30 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Terça-feira, 18.08.15

 

 

 

 

IMG_2068.JPG

IMG_2069.JPG

 Albertina museum. Viena. Agosto de 2015. 



publicado por paulo prudêncio às 10:22 | link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 17.08.15

 

 

 

 

IMG_2066.JPG

 

 

IMG_2067.JPG

  Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.

 



publicado por paulo prudêncio às 13:19 | link do post | comentar | partilhar

Domingo, 16.08.15

 

 

 

 

IMG_2064.JPG

IMG_2065.JPG

 Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.

 



publicado por paulo prudêncio às 10:16 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 15.08.15

 

 

 

 

IMG_1916.JPG

 

Morte e Vida de Gustav Klimt.

Leopold Museum. Viena. Agosto de 2015.



publicado por paulo prudêncio às 10:17 | link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 14.08.15

 

 

 

 

 

 

 

IMG_2001.JPG

 

Torre de Babel de Pieter Bruegel.

Museu Kunsthistorisches. Viena. Agosto de 2015



publicado por paulo prudêncio às 11:10 | link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 08.04.15

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

O tríptico que Francis Bacon dedicou a Lucian Freud terá o valor mais alto de sempre no mercado da arte.

Este tipo de notícia pode pôr a pensar os nossos afuniladores curriculares.

 

 

 

 Este post é de 19 de Novembro de 2014.

 

 



publicado por paulo prudêncio às 21:25 | link do post | comentar | ver comentários (10) | partilhar

Sexta-feira, 06.02.15

 

 

 

 

A maioria que governa começa a perceber que o seu julgamento histórico será tão ou mais negativo do que o de Sócrates. Não gosto da palavra paradigma, mas a sua mudança está em curso na Europa com um contributo decisivo do Syriza

 

IMG_1421.JPG

El Greco. Toledo.  Agosto de 2014. 

 



publicado por paulo prudêncio às 13:23 | link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 12.09.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dublin, Agosto de 2013.

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 10:29 | link do post | comentar | partilhar

Domingo, 07.09.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Painéis de São Vicente."

Atribuído a Nuno Gonçalves.

Museu Nacional de Arte Antiga.

Agosto de 2014. Lisboa.

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 11:10 | link do post | comentar | partilhar

Domingo, 31.08.14

 

 

 

 

Há vantagens em rever museus, mesmo que uma viagem quase que se resuma a esses espaços, aos alojamentos e a um ou outro pequeno passeio. A revisão permite seleccionar e atenua a busca do tempo perdido.

 

O acervo do Prado é o que se sabe, mas permitam-me que escolha o tríptico "The Garden of Earthly Delights" de Hieronymus Bosch (El Bosco em espanhol) e o "La bacanal de los andrios" de Vecellio di Gregorio Tiziano (Tiziano ou Ticiano); ambos quase que justificam uma visita.

 

 

 

 

 

Bosh, Museu do Prado, Agosto de 2014. (este vídeo ajuda)

 

 

 

 

 

Tiziano, Museu do Prado, Agosto de 2014. (este vídeo ajuda)

 

 

As vantagens da internet permitem-nos saber muito mais. Basta googlar um bocado. Contudo, a presença física continua insuperável.

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:59 | link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 18.08.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Celestino Mudaulane (Moçambique). "O mundo dos contrastes".

Exposição "Artistas comprometidos? Talvez".

Fundação Calouste Gulbenkian, Agosto de 2014.

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:41 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 19.07.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Museu Nacional Machado de Castro

 

Coimbra 2014

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 11:49 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Terça-feira, 15.07.14

 

 

 

O Museu Nacional Machado de Castro, em Coimbra, é imperdível. À excelência do acervo acrescenta-se um espaço muito agradável. Mas este post fica-se pela exposição temporária e por um painel de Mário Vitória integrado no projecto Alice. É um género de desenho que me fascina e nem sei se se tornará num clássico. Fotografei-o, devidamente autorizado, e partilho-o sem muitos comentários. Repare-se, por exemplo, na quantidade de polvos que preenchem o espaço europeu de que Portugal faz parte.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 18:10 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Quarta-feira, 02.07.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:51 | link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 30.01.14




 


(quadro de caravaggio
- o mito de narciso -)






A história de Narciso deve servir de metáfora para a nossa vida.

Se não somos capazer de olhar-nos com imparcialidade, afogamo-nos na vaidade: a ilusão do "eu" isolado: eu sou, eu fui, eu faço, eu fiz, eu posso.

Melhorar o carácter e a personalidade, através do difícil exercício de auto-conhecimento, não deve ser uma soma de saberes para a glorificação de um indivíduo como o "senhor da razão", mas uma acção que estimule, simultaneamente, o saber pessoal e o despertar da comunidade para o interesse e para o desejo no exercício da partilha.

Cada um de nós actualiza Narciso.


"Narciso morre de sede
ao beber a sua imagem".




(1ª edição em 15 de Junho de 2007)


publicado por paulo prudêncio às 12:01 | link do post | comentar | ver comentários (13) | partilhar

Quarta-feira, 11.09.13

 

 

 

 

 

Escolha de Leonor Tomaz



publicado por paulo prudêncio às 09:15 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 31.08.13

 

 

 

 

 

 

James Jacques Tissot, Dublin, Agosto de 2013.



publicado por paulo prudêncio às 09:46 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 17.08.13

 

 

 

 

"Sob o signo de Amadeo. Um século de arte", é uma exposição imperdível na Fundação C. Gulbenkian.

 

 

Retive muitas imagens.

 

 

O "Papa Vermelho" (não registei o autor), com o símbolo do poder no local mais ou menos exacto, e um retrato da sociedade de 1910 (José de Almada Negreiros), em que, um século depois, estão por lá quase todos os que andam por aí, são dois quadros inesquecíveis.

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:28 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 08.06.13

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 15:07 | link do post | comentar | ver comentários (13) | partilhar


Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
comentários recentes
O grande desafio de uma sociedade democrática é es...
"Não posso ensinar a falar a quem não se esforça p...
Quando perguntei se a Ana leu mesmo o post não est...
Se não parecesse brincadeira de mau gosto, eu come...
Desculpe Ana, mas leu mesmo o post?Começa assim: "...
"É mais um motivo de esperança no sentido da moder...
Enfim. Nunca se sabe o que pode acontecer; realmen...
posts recentes

E das outras quintas?

Uma curta radiografia da ...

E o Porto aqui tão perto

Bosh

Old meets new

ligações
posts mais comentados
13 comentários
13 comentários
11 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
tags

agrupamentos

além da troika

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

banda desenhada

bartoon

blogues

caldas da rainha

campanhas eleitorais

cartoon

cinema

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

crise mundial

crónicas

democracia mediatizada

desenhos

direito

direitos

economia

educação

efemérides

escolas em luta

estatuto da carreira

exames

falta de pachorra

filosofia

finanças

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

mais do mesmo

manifestação

movimentos independentes

música

organização curricular

paulo guinote

política

política educativa

portugal

professores contratados

público-privado

queda de crato

queda do governo

rede escolar

sociedade da informação

tijolos do muro

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

sua excelência (2) (reedi...

sua excelência (1) (reedi...

subscrever feeds

web site counter
Twingly BlogRank
arquivo
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676
mais sobre mim