Em busca do pensamento livre.

Segunda-feira, 15.01.18

 

 

 

Se ontem me interrogava com a "existência de Londres", hoje faço-o com Ovar. Ora leia:

"Em Ovar, a vitória de Rui Rio foi esmagadora. O novo líder do PSD obteve 409 votos, contra os apenas 60 de Santana Lopes. Uma reportagem do Expresso, publicada no semanário deste sábado, mostra como numa casa, que afinal já não existe, vivem oito militantes do PSD. Numa outra, os cadernos eleitorais garantem que lá habitam 17 militantes. Salvador Malheiro, o social-democrata que preside à Câmara de Ovar, nega irregularidades. Mas as histórias sucedem-se."



publicado por paulo prudêncio às 16:30 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Domingo, 14.01.18

 

 

 

E Londres ainda existe?

A dúvida impõe-se com os argumentos, e os desenvolvimentos, pró-Brexit. Mas não só. É que, e entretanto, Trump eliminou Londres (embora o motivo desta pós-verdade seja indissolúvel: o edifício da embaixada dos EUA em Londres) e a incerteza cresceu. Como a absolutização do digital, o recente fenómeno do melhor restaurante londrino vulgarizou-se. Dever ser isso. O espaço tinha um site com ementas do outro mundo, imagens apelativas e os melhores comentários de clientes. Projectou-se, em quatro meses, para o primeiro lugar no Trip Advisor e atingiu o topo. Só que o restaurante não existia. Foi toda uma engrenagem com dados falsos ou manipulados. O facto reforça a dúvida inicial. Mas convenhamos: o melhor restaurante londrino foi uma notícia falsa precisa e humorada. Mas veja o vídeo com a entrevista ao criador (com uma fisionomia na linha de Boris Jonnson e Donald Trump).

 

 



publicado por paulo prudêncio às 18:00 | link do post | comentar | partilhar

Domingo, 07.01.18

 

 

 

 

1190967

Cópia de 1190967

 

Luís Afonso



publicado por paulo prudêncio às 15:03 | link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 25.12.17

 

 

 

Do douradinho dos saques - um desenho do Antero em Dezembro 2013.

 

16451616_6w2iP

 



publicado por paulo prudêncio às 09:20 | link do post | comentar | partilhar

Domingo, 17.12.17

 

 

 

"Ex-ministra "chumba" em avaliação polémica" (título no 1º caderno do Expresso, 2017/12/16:18). Os professores só podem sorrir com este "chumbo" de Maria de Lurdes Rodrigues. "Dos 289 docentes do ISCTE avaliados,(...)6 tiveram inadequado.(...).A ex-ministra, uma das inadequadas, queixou-se do esforço e dispêndio de tempo que este sistema obriga.(...)Não preenchi a plataforma. Estou convencida de que quem as desenhou, colocando nos docentes o ónus do seu preenchimento, não pensou no tempo de trabalho despendido.(...)" A jornalista Isabel Leiria refere que a ex-ministra "defende que a avaliação não pode transformar-se num processo burocrático" e recorda - em jeito de contraditório algo humorado - que "em 2008, e sobre o modelo de avaliação dos professores, uma das críticas mais ouvidas prendeu-se com a carga burocrática que a construção de fichas e instrumentos de avaliação implicavam para os professores".

É um momento precioso para recuperar mais um desenho do Antero que retrata a época em que a ex-ministra ameaçava perseguir os professores que desobedeciam.

 

35384444974_819fea297d

 



publicado por paulo prudêncio às 17:46 | link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar

Sábado, 16.12.17

 

 

 

 

1185474

Cópia de 1185474

Luís Afonso



publicado por paulo prudêncio às 09:04 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Quinta-feira, 07.12.17

 

 

 

 

1182949

Cópia de 1182949

 

Luís Afonso



publicado por paulo prudêncio às 14:08 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 04.11.17

 

 

 

 

1173959

Cópia de 1173959

 

Luís Afonso



publicado por paulo prudêncio às 10:01 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 14.10.17

 

 

 

 

Cópia de 1168829

1168829

 

 

Luís Afonso



publicado por paulo prudêncio às 10:57 | link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 21.09.17

 

 

 

 

"Grande adesão das pessoas", achou o candidato. "Pudera! Não te candidatas pelo PAN", observou um espectador de ocasião.



publicado por paulo prudêncio às 14:45 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 09.09.17

 

 

 

 

1159490

Cópia de 1159490

 

Luís Afonso

 

 



publicado por paulo prudêncio às 11:40 | link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 04.09.17

 

 

 

 

1158128

Cópia de 1158128

 

Luís Afonso



publicado por paulo prudêncio às 11:17 | link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 15.08.17

 

 

 

O 15 de Agosto recorda-me sempre o filme imperdível de Gianni de Gregorio. E nem sei porquê, mas desta vez associo-o à difícil poesia de Rainer Maria Rilke: exige leitura repetida, mas o resultado é sublime. É um dos meus poetas preferidos. Uma das suas obras maiores, "As elegias de Duíno", confunde-se com a aura do local onde o poeta a iniciou: o castelo de Duíno, situado perto da cidade de Trieste e sobre o mar Adriático. Deixo-vos uma parte - na tradução de Maria Teresa Dias Furtado - da primeira elegia.

 

  

Se eu gritar quem poderá ouvir-me, nas hierarquias

dos Anjos? E, se até algum Anjo de súbito me levasse

para junto do seu coração: eu sucumbiria perante a sua

natureza mais potente. Pois o belo apenas é

o começo do terrível, que só a custo podemos suportar,

e se tanto o admiramos é porque ele, impassível, desdenha

destruir-nos. Todo o Anjo é terrível.

 

Por isso me contenho e engulo o apelo

deste soluço obscuro. Ai de nós, mas quem nos poderia

valer? Nem Anjos, nem homens,

e os argutos animais sabem já

que nós no mundo interpretado não estamos

confiantes nem à vontade. Resta-nos talvez

uma árvore na encosta que possamos rever

diariamente; resta-nos a rua de ontem

e a fidelidade continuada de um hábito,

que a nós se afeiçoou e em nós permaneceu.

 

Oh, e a noite, a noite, quando o vento, cheio de espaço do universo

nos devora o rosto -, por quem não permaneceria ela, a desejada,

suavemente enganadora, que com tanto esforço se ergue em frente

do coração isolado? Será ela para os amantes menos dura?

Ah, um com o outro eles se ocultam da sua própria sorte, apenas.(...)

 

Depois da poesia, um vídeo do filme - é um muito bom momento de humor -.

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:29 | link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar

Segunda-feira, 07.08.17

 

 

 

 

A desconfiança nos professores, que se instituiu em má burocracia, começou há mais de uma década, mas disseminou-se a partir daí. O "eduquês organizacional" alimentou-se também do modo digital. Os ficheiros que circulam nas redes escolares são intratáveis e atingirão valores não mensuráveis. Aquele anúncio da PT, que afirmava a capacidade em sediar na Covilhã toda a informação do planeta, não considerou o MEC e o sistema escolar.

 

A cultura anti-professor desenvolvida nos serviços centrais generalizou-se. Se considerarmos que o "modelo" exige impressão de documentos para uma leitura atenta e imparcial (), estará na má impressão motivada pela racionalização de tinteiros de impressoras a explicação para a desconfiança nos professores e que parece suportar-se no que pode ler a seguir. Tem os resultados depois da imagem.

 

14983667_2FVzg

 

Daniel Kahneman (2011:91), "Pensar, Depressa e Devagar". 

Temas e Debates. Círculo de Leitores. Lisboa.

 

Resultados: 5 e 47.

 

2ª edição.



publicado por paulo prudêncio às 15:40 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Domingo, 06.08.17

 

 

 

1151163

Cópia de 1151163

 

 

Luís Afonso



publicado por paulo prudêncio às 10:19 | link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 24.07.17

 

 

 

1149053

Cópia de 1149053

 

Luís Afonso

 

 



publicado por paulo prudêncio às 14:25 | link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 14.07.17

 

 

 

Segue dentro de momentos.



publicado por paulo prudêncio às 16:28 | link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 07.07.17

 

 

 

1145122

Cópia de 1145122

  

Luís Afonso



publicado por paulo prudêncio às 11:50 | link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 29.06.17

 

 

 

 

 

1143022

Cópia de 1143022

 

 

Luís Afonso



publicado por paulo prudêncio às 11:08 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 24.06.17

 

 

 

29470744832_0e04d2a9f5

 

Mas no facebook não é seguido: faz como aquelas pessoas que pedem amizade sem qualquer amigo, nunca publicam e têm perfil de outro mundo :). São invisíveis e espreitam o mundo; socializam. Haja paciência.



publicado por paulo prudêncio às 10:00 | link do post | comentar | partilhar


Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
nada de insinuações porque isto são exemplos de fa...
Impressiona, realmente.
a hipótese de retaliação pós-(2005-2011) está em a...
Enfim. Estamos num percurso muito lamentável.
Afinal o que se vê não se distingue do PaF...E fic...
Força aí.
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676