Em busca do pensamento livre.

Terça-feira, 13.01.15

 

 

 

 

Captura de Tela 2015-01-13 às 21.24.33.png

 

Primeira página do Charlie Hebdo nº 1178

no dia 14 de Janeiro de 2015. 



publicado por paulo prudêncio às 21:25 | link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 12.11.14

 

 

 

10599378_573601226077437_878320799456636950_n.jpg

 

Encontrei o desenho na rede sem referência ao autor.

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:31 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 08.11.14

 

 

 

O Governo insiste no "prémio para as câmaras que trabalhem com menos docentes" que andará à volta dos 13.500 euros anuais por unidade. É uma lógica transversal denominada por "prémio Audi", só que desta vez de gama baixa. Os governos portugueses andam há mais de uma década a delapidar a imagem pública dos professores e agora conseguem um género de machadada final.

 

É evidente que podemos ficar o dia todo a discutir as competências que passam do MEC para os municípios e as que são retiradas à famigerada autonomia escolar e entregues ao poder local. Quando se repartem responsabilidades, deve sublinhar-se que o país é o que é.

 

O mais risível, e trágico, nisto tudo é o desnorte deste desgoverno que dá razão aos que desesperam por eleições. Depois de andar à pressa a assinar, e a publicitar com toda a pompa, umas papeladas que se denominaram por contratos de autonomia com as escolas e os agrupamentos, mudou de agulha e avançou para uma municipalização que só pode ter resultado de alguma epifania que invadiu a cabeça de um qualquer Maduro inebriado com a estranja. Valha-nos não sei o quê, como se escreveu neste editorial.

 

Parece que já só falta escolher o canal generalista para o sorteio da coisa. Depois da rábula sem-fim das colocações, assistir-se-á à eliminação do professor municipal.

 

17398140_pGmGF.jpeg

 



publicado por paulo prudêncio às 12:57 | link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar

Sábado, 05.07.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:42 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Sexta-feira, 09.05.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 15:10 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 22.03.14

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 12:25 | link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 21.03.14

 

 

 

 

 

Como pode ler, Guilherme Valente, o editor da Gradiva, tem fortes responsabilidades na divulgação em Portugal de muito boa banda desenhada. Ora aí está um bom exemplo de que as pessoas devem falar do que sabem. O referido editor costuma usar a comunicação social para dissertar sobre o eduquês e zurzir nos professores de forma desconhecedora e injusta. É um exemplo de bullshit por parte de quem tem obra feita em matéria tão interessante.

 

"Uma relação desenhada para os jornais só podia dar nisto. Durante quase duas décadas, o PÚBLICO e Calvin & Hobbes foram inseparáveis. Desde que Guilherme Valente, editor da Gradiva, sugeriu a tira ao designer do jornal, Henrique Cayatte, e ao então subdirector, José Manuel Fernandes — então à procura de uma tira de BD para o diário de referência que estava a nascer —, a história da criação de Bill Watterson em Portugal está indissociavelmente ligada a este jornal. Cayatte diz mesmo: “Calvin e Hobbes deveriam ser considerados também fundadores do PÚBLICO.”(...)"

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 17:17 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 02.11.13

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:47 | link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 23.05.13

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 11:18 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Sábado, 18.05.13

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:46 | link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 16.05.13

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 11:28 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Terça-feira, 14.05.13

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:16 | link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Segunda-feira, 13.05.13

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:33 | link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar

Quinta-feira, 06.09.12

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:57 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 28.07.12

 

 



publicado por paulo prudêncio às 11:56 | link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 12.05.11

 

 



publicado por paulo prudêncio às 14:42 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Quinta-feira, 03.03.11

 

 

Desenho do genial Quino.



publicado por paulo prudêncio às 09:19 | link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 02.03.11

 

 

Desenho do genial Quino.



publicado por paulo prudêncio às 09:16 | link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 21.02.11

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:55 | link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Sexta-feira, 11.02.11

 

 

 

O povo egípcio não desarma, contrariando as vozes temerosas, e instaladas, que nestes momentos sempre aconselham a manutenção do que está. Quando a incompetência e o despotismo se estabelecem, a queda da teia apenas aguarda que o tempo faça das suas. Em qualquer das escalas, e em situações do género, é sempre preferível que os mentores fujam e que a chegada do amanhã se acelere.



publicado por paulo prudêncio às 15:20 | link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 08.02.11

 

 

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 15:00 | link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Quarta-feira, 26.01.11

 

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 11:31 | link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Terça-feira, 21.12.10

 

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 09:54 | link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Sábado, 18.12.10

 

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 23:38 | link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Quarta-feira, 24.11.10

 

 

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 13:00 | link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Quinta-feira, 14.10.10

 

 

No original o título é engenharia financeira. Sou franco: sinto-me que nem o tipo da bifana.

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 21:56 | link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Domingo, 10.10.10

 

 

 

Tem de se compreender o espírito e a letra de quem tem talento para desenhar e se dedica a retratar o estado da nação. É que estamos sujeitos a um bombardeamento diário de adereços de um jogo de sombras com actores que se governam no mais vil descaramento. Estão sempre disponíveis para o discurso do "tem de ser" quando se trata dos outros. A República está prisioneira dos maus interesses, da ganância e da cobiça. É uma República, que como se diz na gíria futebolística, com muito propensão para os negócios da fruta. Vai daí, o Antero não tem outra solução para a sua pena.

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 13:16 | link do post | comentar | ver comentários (5) | partilhar

Quinta-feira, 07.10.10

 

 

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 09:22 | link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 29.09.10

 

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 13:56 | link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Terça-feira, 28.09.10

 

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 12:28 | link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 14.09.10

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 16:11 | link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Sábado, 11.09.10

 

 

 




publicado por paulo prudêncio às 18:15 | link do post | comentar | ver comentários (5) | partilhar

Sábado, 04.09.10

 


 

 

 

Ar livre, que não respiro! 
Ou são pela asfixia? 
Miséria de cobardia 
Que não arromba a janela 
Da sala onde a fantasia 
Estiola e fica amarela! 

Ar livre, digo-vos eu! 
Ou estamos nalgum museu 
De manequins de cartão? 
Antes o caos que a morte… 
De par em par, pois então?! 

Ar livre! Correntes de ar 
Por toda a casa empestada! 
(Vendavais na terra inteira, 
A própria dor arejada, 
-E nós nesta borralheira 
De estufa calafetada!) 

Ar livre! Que ninguém canta 
Com a corda na garganta, 
Tolhido da inspiração! 
Ar livre como se tem 
Fora do ventre da mãe, 
Desligado do cordão! 

Ar livre, sem restrições! 
Ou há pulmões 
Ou não há! 
Fechem as outras riquezas, 
Mas tenham fartas as mesas 
Do ar que a vida nos dá! 

Miguel Torga.

 

Contributo de Manuela Silveira.



publicado por paulo prudêncio às 14:00 | link do post | comentar | ver comentários (5) | partilhar

Sexta-feira, 27.08.10

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 11:06 | link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 25.08.10

 

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 14:01 | link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 16.07.10

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 16:52 | link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar

Segunda-feira, 05.07.10

 

 

Da pena do Genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 20:24 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 12.06.10

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 17:11 | link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 11.06.10

 

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 11:00 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Quinta-feira, 03.06.10

 

 

Da pena do genial Antero.



publicado por paulo prudêncio às 14:00 | link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar


Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
comentários recentes
A ideia de democracia implica optimismo e crença n...
Sem nem a ditadura mais tirânica consegue eliminar...
O grande desafio de uma sociedade democrática é es...
"Não posso ensinar a falar a quem não se esforça p...
Quando perguntei se a Ana leu mesmo o post não est...
Se não parecesse brincadeira de mau gosto, eu come...
Desculpe Ana, mas leu mesmo o post?Começa assim: "...
posts recentes

charlie como um grande ch...

dos remos e das incompree...

do regresso à agenda do p...

da bancocracia

dos decassílabos

ligações
posts mais comentados
6 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
tags

agrupamentos

além da troika

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

banda desenhada

bartoon

blogues

caldas da rainha

campanhas eleitorais

cartoon

cinema

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

crise mundial

crónicas

democracia mediatizada

desenhos

direito

direitos

economia

educação

efemérides

escolas em luta

estatuto da carreira

exames

falta de pachorra

filosofia

finanças

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

mais do mesmo

manifestação

movimentos independentes

música

organização curricular

paulo guinote

política

política educativa

portugal

professores contratados

público-privado

queda de crato

queda do governo

rede escolar

sociedade da informação

tijolos do muro

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

sua excelência (2) (reedi...

sua excelência (1) (reedi...

subscrever feeds

web site counter
Twingly BlogRank
arquivo
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676
mais sobre mim