Em busca do pensamento livre.

Terça-feira, 04.04.17

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:57 | link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 28.02.17

 

 

A muito boa exposição, "José de Almada Negreiros: uma maneira de ser moderno", "está patente no Fundação Calouste Gulbenkian" até 5 de Junho de 2017 e requer mais do que uma visita tal a diversidade da obra; e as filas de espera. "Esta exposição antológica mostra a obra de um artista que catalisa a vanguarda nos anos 1910 e atravessa todo o século XX."

"Isto de ser moderno é como ser elegante: não é uma maneira de vestir mas sim uma maneira de ser. Ser moderno não é fazer a caligrafia moderna, é ser o legítimo descobridor da novidade."

José de Almada Negreiros, conferência O Desenho, Madrid 1927

 

Captura de Tela 2017-02-27 às 20.43.22

 



publicado por paulo prudêncio às 09:42 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Quinta-feira, 08.10.15

 

 

 

Entrou na estação de metro, tirou o violino da caixa e tocou 45 minutos para a multidão na hora de ponta matinal. Foi praticamente ignorado. Joshua Bell, um dos maiores violinistas do mundo, executou peças consagradas num raríssimo Stradivarius de 1713 de mais de 3 milhões de dólares. Uns dias antes tocou no Symphony Hall de Boston com bilhetes a 1000 dólares. A ideia do Washington Post foi lançar um debate sobre valor, contexto e arte.

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 11:00 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Domingo, 21.12.14

 

 

 

O surrealismo, como corrente artística de vanguarda que definiria os caminhos do modernismo entre as duas grandes guerras do século XX, está vigente no liberalismo que comanda o país e a maioria das suas instituições. 

 

Ansiamos por uma saída para o estado em que vivemos e um olhar para o surrealismo ajudaria a reencontrar o caminho da modernidade, mesmo para os que atingiram um qualquer pico de adrenalina como foi o caso do deputado trauliteiro do PSD, Carlos Abreu Amorim, que agora se confessa: "Já não sou um liberal. O Estado tem de ter força".

 

Ou seja, primeiro destrói-se e depois confessa-se. E aí voltamos à análise do surrealismo. A saída do estado surreal só se consegue com muita psicanálise. É bom recordar que a corrente de Sigmund Freud penetrava no inconsciente e isso influenciou decisivamente o surrealismo como actividade criativa.

 

17856022_2FMFf.jpeg

 

 Pintura de Vladimir Kush.

 

 



publicado por paulo prudêncio às 16:14 | link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 18.08.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Celestino Mudaulane (Moçambique). "O mundo dos contrastes".

Exposição "Artistas comprometidos? Talvez".

Fundação Calouste Gulbenkian, Agosto de 2014.

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:41 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 19.07.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Museu Nacional Machado de Castro

 

Coimbra 2014

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 11:49 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Quinta-feira, 03.07.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:25 | link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 02.07.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:51 | link do post | comentar | partilhar

Sábado, 17.05.14

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:38 | link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 16.05.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:40 | link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 14.02.14

 

 

 

 

 

 

 

É nos mesmos centros cerebrais que se sente a beleza de uma equação ou de uma obra de arte. A conclusão tem tanto de óbvio como de justo e questiona mais uma vez os desmandos dos descomplexados competitivos que nos governam.

 

É justo para os matemáticos que tantas vezes assistem ao desdém dos "agentes culturais", mas é também uma lição para os que usam o preconceito que despreza a importância dos ensinos das humanidades ou das artes.

 

Não é por acaso que os jovens investigadores em ciências exactas atrasam o interesse por outras belezas enquanto se aborrecem com a incompreensão dos outros em relação às suas visões e sentimentos.

 

Também se compreende ainda melhor os que defendem que as lideranças nas organizações se caracterizam por um único exercício: discorrer a propósito de uma obra de arte.

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 21:26 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Quarta-feira, 26.06.13

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:26 | link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 21.03.12

 

 

 

A Escola Básica Integrada de Santo Onofre (1993) foi pioneira na leccionação em tempo curricular, no primeiro ciclo, das denominadas expressões e das línguas estrangeiras por especialistas dos outros ciclos de ensino. O modelo foi interrompido em 2010 e sobrevivem algumas boas vontades no enriquecimento curricular. Noutro dia registei uma inigualável pista para caricas.

 

 



publicado por paulo prudêncio às 11:05 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Terça-feira, 27.12.11

 

 

Aqui, por cortesia da Lígia Oliveira.



publicado por paulo prudêncio às 22:35 | link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 10.10.11

 

 

A última frase do post é lindíssima: "Neste filme, a vida é superior à arte".

 

MEIA-NOITE EM PARIS



publicado por paulo prudêncio às 12:19 | link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Terça-feira, 12.04.11

 

 

A Xaneca Carvalho enviou-me um mail que começa assim: "Tudo começou em meados do ano passado quando o grupo João Ferreira dos Santos ganhou a representação do grupo Fiat em Moçambique. Ao pensar na inauguração do stand, Luís Marinho Falcão, director geral da YoungNetwork, a empresa responsável pelo evento, sugeriu que se pedisse a Malangatana para pintar um carro. “No início, acharam que eu era doido”, contou a rir, acrescentando que a ideia acabou por pegar.(...)"

 

O melhor mesmo é ver o vídeo.

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:49 | link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Quinta-feira, 24.03.11

 

 

 

 

 

 

Cortesia da Dulce Nunes.

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:45 | link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 18.03.11

 

 

Este contributo da Helena Bastos.



publicado por paulo prudêncio às 09:54 | link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 03.02.11

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 09:18 | link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 09.06.10

 

 



publicado por paulo prudêncio às 22:08 | link do post | comentar | partilhar


Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
E já conhecida há décadas, embora sem "reconhecime...
tão verdade.
"On bullshit" e ponto final.
E está difícil sair daí.
Vamos acompanhando.
ligações
posts mais comentados
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

efemérides

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

subscrever feeds
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
mais sobre mim
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676