Em busca do pensamento livre.
Quinta-feira, 27 de Julho de 2017

 

 

 

IMG_0457

 

Concerto às 21h30. Passámos pelo largo do Teatro Nacional de S. Carlos às 18h30 e já só havia dois lugares na zona frontal. Não os perdemos. Revezámo-nos até à hora marcada. O tempo é imparável e o lugar "ultrapassou" as melhores expectativas. O som esteve perfeito. Para além do referido no programa, o "Va, Pensiero" (vídeo mais abaixo), de uma beleza comovente (não ligue, acabei de ver o episódio 10 da série, RTP2, "Amor em Berlim" e estou emocionadíssimo), tornou o concerto inesquecível. Se a pontualidade é a regra, e foi cumprida no início, o concerto não durou pouco mais de uma hora como anunciado: foram mais de duas e ainda bem.

 

IMG_0458

 

22.07 sábado, 21:30

Em pouco mais de uma hora, um autêntico Festival Verdi que se inicia e culmina com Nabucco, um dos seus maiores êxitosCristiana Oliveira sopranoRoland Wood barítonoAndrea Sanguineti Direção MusicalCoro do Teatro Nacional de São CarlosGiovanni Andreoli Maestro TitularOrquestra Sinfónica PortuguesaJoana Carneiro Maestrina Titular

 

Giuseppe Verdi (1813-1901)

NabuccoAbertura 

ErnaniSi ridesta il leon di Castiglia

Il CorsaroAlfin questo corsaro… cento leggiadre vergini

MacbethPatria opressa

RigolettoTutte le feste al tempio… Sì, vendetta

Il TrovatoreVedi le fosche notturne spoglie

La traviataAddio del passato

I Vespri SicilianniAbertura

Un ballo in MascheraEri tu che macchiavi

La Forza del DestinoLa Vergine degli angeli

Simone BoccanegraCome in quest’ora bruna

Don CarloO Carlo ascolta

AidaGloria all’Egitto ad Iside

OtelloAve Maria

FalstaffÈ sogno o realtá?

NabuccoVa, pensiero

 

 



publicado por paulo prudêncio às 10:17 | link do post | comentar | partilhar

7 comentários:
De mario silva a 31 de Julho de 2017 às 00:45
e os tugas na provincia não existem...assistem em modo virtual a esta cultura...


De paulo prudêncio a 31 de Julho de 2017 às 12:25
Ah ah ah.


De mario silva a 31 de Julho de 2017 às 23:23
pois, mas esse tipo de assimetrias levou ao êxodo populacional e talvez tenha tido uma consequência visivel em Pedrogão...

Uma cena de "Amor em Berlim": um funcionário numa cantina conta uma anedota sobre Honecker e na mesa ao lado estavam dois superiores hierárquicos. Um deles, para meter medo, ameaçou o funcionário com represálias, tendo este ficado petrificado; depois, revelou que estava a brincar. Esta cena fez recordar o acontecimento já esquecido do prof destacado na DREN que contou uma anedota sobre a licenciatura do PM José Pinto Sousa e um dos funcionários que ouviu foi 'bufar' à aberração da diretora, que demitiu o humorista.
Este paralelismo faz questionar o que é isso de democracia...


De paulo prudêncio a 31 de Julho de 2017 às 23:53
Achei piada aos tugas da província. Bem: o tema levantado no comentário exige muitos teclas. Apesar de tudo, os espaços para a cultura melhoraram muito por todo o país nos últimos 40 anos. O festival ao largo é o que é e muito interessante. Por acaso, amanhã e depois publicarei uns posts sobre esse festival e sobre essa espantosa série que é o "Amor em Berlim".


De mario silva a 1 de Agosto de 2017 às 15:42
O que pode ter mudado (e não foi por todo o país) foram os espaços fisicos. Procura um evento com as carateriticas deste festival que tenha sido realizado fora das grandes cidades...acho que chego à aposentação mais depressa...


De paulo prudêncio a 2 de Agosto de 2017 às 11:50
Sem dúvida. Mas não foram só os espaços físicos. As artes têm mais intérpretes.


De paulo prudêncio a 31 de Julho de 2017 às 23:55
Essa cena do "Amor em Berlim" está muito boa. Estive em Berlim há dois anos. Gostava mesmo de lá voltar agora.


comentar post

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
Muito preocupante.
Também preocupante...
O texto de António Guerreiro é muito interessante.
Pois... é tudo muito bonito, mas estou farto de am...
Enfim. Parece Roma à beira do fim.
Insistentemente; nem mais.
e quantos mamões e mamonas nas últimas décadas que...
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
88 comentários
75 comentários
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676