Em busca do pensamento livre.
Domingo, 7 de Maio de 2017

 

 

 

É inegável que a eleição de Macron representa a esperança numa alternativa que mantenha o estado social e a paz na Europa. A globalização associada aos offshores colocou as multinacionais num plano financeiro impossível de controlar nos territórios limitados dos governos; mesmo nos blocos como a Europa. A revolução tecnológica acentuou o domínio do financeiro em simultâneo com a afirmação das ideologias que capitalizaram numa Europa instabilizada pelos fluxos migratórios. O europeísmo entrou em crise. Como disse o filósofo francês Dominique Wolton, "a finança capturou a economia e a economia capturou a política". A Europa procura uma alternativa política para sobreviver e Macron renova a sentimento que há cinco anos acompanhou a eleição de Hollande. Desta vez, a decadência europeia está mais evidente depois da vitória do Brexit (e de Trump nos EUA?), agravada com os fracassos do citado Hollande, mas também de Renzi na Itália ou de Tsipras na Grécia. Contudo, existe a esperança portuguesa e adensa-se a expectativa com o que pode acontecer na Alemanha. Macron pode ser um passo em frente.



publicado por paulo prudêncio às 11:28 | link do post | comentar | partilhar

4 comentários:
De Malik a 7 de Maio de 2017 às 12:20
Mais uma vez uma escolha entre um mal e um mal menor...
À Europa Macron não aporta mais que uma ténue esperança de adiamento do desconchavanço...
Para a França será pouco mais que Hollande, e este foi tão pouco...


De paulo prudêncio a 7 de Maio de 2017 às 12:24
Assim parece.

Resta aguardar e manter a esperança.


De mario silva a 14 de Maio de 2017 às 19:10
Vai ocupar o Eliseu um banqueiro; não sei a esperança que isto traz para a França e Europa...


De paulo prudêncio a 15 de Maio de 2017 às 14:38
Se acontecer com Macron o que aconteceu com Hollande, a ideia de Europa que se construiu depois da segunda guerra ficará numa queda sem fim? A resposta só pode ser em forma de esperança.


comentar post

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
Não vi. Mas fui agora pela box e lá está a confirm...
“A carreira dos professores é mais generosa do que...
Bem: até pode ser mais prolongado no tempo se for ...
O que impressiona, é que apenas se devassa e escru...
considero que só há uma saída airosa: os professor...
e quem são os que estão dependentes de vagas decid...
considero que só há uma saída airosa: os professor...
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
88 comentários
75 comentários
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676